Para jogador do Oklahoma City Thunder, atletas devem brigar até o fim para conseguir um negócio favorável

Kevin Durant em ação pelo Thunder
Getty Images
Kevin Durant em ação pelo Thunder
Se depender de Kevin Durant, o impasse na questão salarial entre jogadores e a NBA ainda deve durar algum tempo. O craque do Oklahoma City Thunder aprova a posição da associação dos atletas e acredita que a postura deve ser mantida não importa o tempo que o locaute dure.

"Nós vamos defender o que temos que fazer, não importa quanto tempo isso vá levar", disse Durant em entrevista à agência norte-americana AP. "A forma como a associação tem trabalhado é muito boa e não há necessidade de mudar. É algo que eu realmente gostei".

A última reunião entre a liga e os jogadores aconteceu na última quinta-feira (30/06) em Nova York. As negociações não evoluíram e o locaute está instalado na NBA. Sem acordo, a próxima temporada da NBA está ameaçada.

"As coisas foram muito boas para nós", disse Durant. "Nós queremos ficar nesse ritmo, mas os dirigentes querem algo diferente para eles. Nós vamos ficar com a nossa postura até sair com um bom negócio".

Billy Hunter, diretor da associação de jogadores, afirmou após a reunião da última quinta-feira que os mandatários da NBA fizeram uma proposta financeira que ele julga ter sido “moderada”. Mas não foi suficiente para que os atletas aceitassem firmar um novo acordo.

Apesar de manter a postura, Durant revelou o desejo de que o impasse seja desfeito rapidamente. O jogador do Thunder disse que a falta de possibilidade de jogar basquete, falar com os treinadores e outras pessoas que trabalham na franquia são as principais dificuldades do momento.

Durant foi o principal cestinha da liga nos últimos dois campeonatos . O jogador conduziu o Oklahoma City até a inédita decisão da Conferência Oeste. Contudo, a equipe não resistiu e acabou eliminada pelo Dallas Mavericks que acabou com o título da NBA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.