Tamanho do texto

Conquista do Bulls completou 20 anos. Michael Jordan vê grupo atual com boas possibilidades de ser campeão

Os jogadores do Chicago Bulls que venceram o primeiro campeonato da franquia foram homenageados no intervalo do jogo em que a equipe venceu o Utah Jazz por 118 a 100 na noite do último sábado. A cerimônia comemorou o 20º aniversário da conquista.

Todos os jogadores e treinadores que participaram da temporada 1990/91 foram recebidos em quadra com aplausos empolgados dos 22.123 expectadores que lotaram o United Center. Michael Jordan e Scottie Pippen foram os mais ovacionados.

Durante o seu discurso, Jordan brincou com Pippen afirmando que o antigo companheiro ainda está em forma e é o único que ainda conseguiria jogar basquete. Scottie respondeu à brincadeira dizendo que o ex-camisa 23, atualmente dirigente do Charlotte Bobcats, pode fazer uma proposta.

Jogadores da temporada 1990/91 posam com o troféu
AP
Jogadores da temporada 1990/91 posam com o troféu

Jordan agradeceu ao Bulls a possibilidade de se reencontrar com os antigos companheiros e contar histórias antigas. "Eu gostaria que nós pudéssemos fazer o relógio andar para trás. Eu sinto falta", disse o ex-jogador.

Quando teve a palavra, Pippen seguiu a mesma linha: "Graças à franquia, nós estamos relembrando as coisas que nós gostaríamos de viver novamente".

Quando o assunto foi o atual momento do time, Jordan se mostrou otimista. "Vocês podem ser o melhor time do Leste", disse o ex-jogador. "Não vou me surpreender se conquistarem mais seis campeonatos. O Bulls tem uma equipe bastante equilibrada".

Jordan fez elogios especiais a Derrick Rose e Luol Deng. Segundo o ex-jogador, o jovem armador reúne condições para ser eleito o melhor jogador da temporada. Sobre Deng, o astro disse que é "um fator decisivo" quando joga bem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.