Tamanho do texto

Olivinha e Marquinhos Souza afirmam necessidade de vitória no primeiro jogo como mandante na semifinal do NBB

O ala-pivô Alexandre Olivinha sabe o que fazer para colocar o Pinheiros na grande decisão do NBB. O jogador do time paulista quer sua equipe faça a "lição de casa" na série contra o Brasília e não permita que o rival consiga reverter o mando de quadra.

Após perder o primeiro jogo da série melhor de cinco contra o Brasília , o Pinheiros fará neste domingo o seu primeiro como mandante. Por ter feito campanha melhor na primeira fase, a equipe de Olivinha tem o direito de decidir a disputa em casa. O ala-pivô quer manter a vantagem.

"É um jogo importante, temos que fazer a nossa lição de casa", disse Olivinha. "Temos que jogar tranquilos, como foi em Brasília. Fizemos uma boa partida, mas não soubemos matar no final. O Brasília fez o dever deles, agora não podemos bobear, temos que manter a vantagem de jogar em casa".

O ala Marquinhos Souza segue a mesma linha de raciocínio. Para o jogador, o Pinheiros tem que "ficar atento durante os 40 minutos da partida". O atleta enalteceu a experiência do Brasília em decisões e reafirmou a necessidade de manter o mando de quadra.

O segundo jogo entre Pinehiros e Brasília acontece neste domingo às 20h . O terceiro encontro será novamente em São Paulo. Em caso de necessidade, a quarta partida será na capital federal. O time paulista joga em casa o quinto embate da série.