Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Joakim Noah fará cirurgia na mão e desfalca Chicago por dois meses

Pivô do Bulls teve ruptura dos ligamentos do polegar da mão direita. É o segundo golpe que a franquia sofre na temporada

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882838266&_c_=MiGComponente_C

A notícia não podia ser pior para o torcedor do Chicago Bulls. O pivô Joakim Noah vai ter que se submeter a uma cirurgia no polegar da mão direita e vai ficar de fora dois meses e meio. A informação foi dada nesta quinta-feira pela própria franquia.

Noah sofre ruptura dos ligamentos do polegar da mão direita. A cirurgia vai reparar exatamente o ligamento colateral do cúbito. Mesmo assim, ele participou do jogo de quarta-feira à noite contra o Toronto, o que pode ter agravado ainda mais a contusão.

O franco-americano disse que não estava conseguindo jogar no seu melhor nível e que por isso optou pela cirurgia. Eu tinha que tomar anti-inflamatórios todos os jogos e nem podia treinar, contou Noah. Isso é muito frustrante, porque eu sinto que a gente tem chance de ser verdadeiramente bons. Eu nunca tinha passado por uma situação de tantas vitórias como agora. Mas eu sei que isso (a cirurgia) tinha que ser feito.

AP
Joakim Noah contra o Timberwolves; dedão da mão direita estava protegido

Noah contundiu o polegar direito na vitória diante do Sacramento Kings por 96 a 85 em 27 de novembro passado. Agravou-se no jogo diante do Houston Rockets em quatro de dezembro (vitória por 119 a 116).

Estou desapontado por Jo (como Noah é chamado), disse o técnico Tom Thibodeau. Quanto ao time, confio muito na habilidade dos nossos jogadores. O que temos é mais do que o suficiente para vencer. Taj (Gibson) tem jogado extremamente bem. Kurt (Thomas) tem jogado bem. Luol (Deng) jogou bem como ala-pivô. Nós temos um grande número de jogadores que podem substituí-lo. Omer (Asik). Vamos em frente.

Este é o segundo golpe que o time sofre neste começo de temporada. Antes da lesão de Noah, Carlos Boozer, seu companheiro de garrafão, passou por um problema semelhante: fraturou a mão direita em um acidente doméstico. Estreou apenas no dia primeiro de dezembro passado, tendo perdido 15 dos 24 jogos da equipe nesta temporada.

Depois de 24 partidas com a camisa 13 do Bulls, Joakim Noah acumulou médias de 14,2 pontos e 11,7 rebotes por jogo. No começo desta temporada ele assinou um contrato de cinco anos com o Chicago no valor de US$ 60 milhões.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG