Após 15 temporadas na NBA, pivô do Boston Celtics quer passar mais tempo com a família e considera abrir mão de salário milionário

O pivô Jermaine O’Neal, do Boston Celtics, está pensando seriamente em encerrar a sua carreira. O atleta de 32 anos, que finalizou sua 15ª temporada na NBA com a derrota na série semifinal contra o Miami Heat , quer passar mais tempo com sua esposa e os dois filhos, Asija (de 11 anos) e Jermaine Junior (quatro anos).

Segundo O’Neal, o atual momento de sua vida exige mais cuidado com a vida pessoal do que com o basquete. “A coisa mais importante agora é a minha família e filhos”, disse. “O basquete dominou tanto tempo da minha vida que é hora de considerar dar um tempo. Agora, toda vez que saio de casa, meu filho pergunta quando vou voltar”.

Outra preocupação do veterano é o seu corpo, que já passou por 976 jogos e foi castigado por várias lesões no decorrer da carreira. Nesta temporada, problemas no pulso e uma artroscopia no joelho limitaram a participação do jogador a apenas 33 partidas do Celtics na fase de classificação e playoffs.

Mesmo recuperado das contusões, O’Neal não sabe se é capaz de aguentar mais uma maratona de 82 partidas. Por isso, a possível greve na NBA pode vir em um momento oportuno. “Nós nem sabemos se teremos próximo ano”, falou. “Se só tivermos que jogar metade da temporada, certamente todos estaremos de volta. Isso nos beneficiaria muito”.

Caso a temporada seja disputada por completo, o pivô pretende separar um tempo das férias para fazer um trabalho especial com o preparador físico do Celtics e checar qual a situação do seu corpo.

O’Neal ainda tem contrato pela próxima temporada, mas não vê problemas em abrir mão dos US$ 6.2 milhões (pouco mais de R$ 10 milhões) que tem a receber. “Há alguns minutos, eu estava no campo lançando bolas [de futebol americano] para ele”, disse o pivô, referindo-se ao filho. “Você não recupera esse tempo. Por mais que queira competir e ganhar um título, é uma decisão muito difícil”.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.