Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Jefferson pede atenção redobrada do Fla diante do Bauru

Ala-pivô carioca diz que o americano Larry Taylor tem que ser vigiado o tempo todo, pois de suas mãos flui o jogo do adversário

iG São Paulo |

Atenção redobrada. É isso que o ala-pivô Jefferson William, do Flamengo, pede na série quartas de final do NBB diante do Bauru. O primeiro jogo deste confronto acontece no dia 24 de abril, um domingo, ainda sem horário definido, mas com local sim: interior paulista.

“Vamos enfrentar uma equipe que é difícil de ser batida, ainda mais quando atua em casa”, afirmou Jefferson. O jogador do Flamengo tem razão: o time bauruense, quando joga em casa, vende caro a vitória.

Dos últimos 12 confrontos, ganhou 11. Não perde no ginásio da Luso há sete partidas. A última vez que foi dobrado diante de seus torcedores foi no dia 10 de fevereiro passado, quando foi batido pelo Pinheiros por 94 a 89.

“Bauru tem um jogo de velocidade, aproveita bem os arremessos de média e longa distancia, além de possuir um time atlético”, prosseguiu o ala-pivô em sua análise sobre o adversário. “Mas temos que superar tudo isso, já que é muito importante abrir esta disputa com vitória”.

O armador norte-americano Larry Taylor é o alvo da defesa rubro-negra. “Temos que jogar com uma marcação forte, especialmente no Larry, que faz muito bem a armação das jogadas ofensivas”, diz Jefferson, que é o sexto homem do time carioca.

Sobre as duas vitórias sobre Bauru na fase de classificação, Jefferson disse que “é claro que isso dá uma pequena confiança, mas não serve como indicativo para as quartas-de-final. Temos que jogar forte, pois teremos um adversário qualificado pela frente”.

 

Leia tudo sobre: Jefferson WilliamsLarry TaylorBauruNBB

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG