Ex-técnico do Knicks e Rockets diz estar feliz com a carreira de comentarista de televisão e comandar times está fora dos planos

Sempre que um cargo de treinador fica vago na liga, o nome de Jeff Van Gundy surge nos rumores. O ex-técnico do Houston Rockets e New York Knicks parou de treinar há quatro temporadas e assumiu um posto entre os comentaristas do canal ESPN. E, diferente do que muitos pensam, não está disposto a deixar a televisão.

Ao ter o seu nome especulado entre os interessados em assumir o comando do Los Angeles Lakers , Van Gundy foi bastante categórico: “Eu estou muito feliz com o que venho fazendo”.

Os rumores começaram em um programa de rádio após o comentarista dizer que qualquer treinador estaria interessado em trabalhar no Lakers. “Certamente, qualquer um estaria interessado em sua base de talento e muitos técnicos abraçariam este desafio”, falou, na oportunidade.

Van Gundy disse ter sido mal compreendido e que nunca se referiu a si mesmo durante a entrevista. “Minha palavras foram tiradas de contexto”, afirmou. “Eu era um convidado em um programa de rádio e fui questionado sobre a qualidade dos cargos e jogadores”.

Em seguida, o ex-técnico ainda lembrou que nunca comentaria em público ou manifestaria um interesse relacionado a trabalho. “Esta não é a forma como eu me comporto”, disse. “Tenho muito respeito pelo processo de decisão dos times para ficar me candidatando a um emprego”.

Os rumores também esfriaram pelas informações recentes de que o Lakers está seriamente interessado em Rick Adelman, ex-treinador do Sacramento Kings e do Rockets .

Com 49 anos de idade, Van Gundy acumula quase 20 anos de carreira à beira da quadra. Em 1999, foi finalista da NBA com o New York Knicks, mas acabou derrotado pelo San Antonio Spurs.


    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.