Ex-jogador renovou contrato e segue no posto de presidente de operações da franquia. Gerente geral David Morway também é mantido

Larry Bird continuará como presidente de operações do Indiana Pacers na próxima temporada. O ex-jogador chegou a um acordo com o dono da franquia, Herb Simon, para estender o seu atual contrato, que terminava prestes a terminar.

A reunião de três horas entre Bird e Simon, realizada em Los Angeles, também garantiu a permanência de David Morway como gerente geral do time.

“Ambos querem terminar o trabalho que começaram aqui”, disse Simon. “Estou satisfeito com isso. Tivemos uma boa e franca conversa sobre tudo. Larry quer vencer. Ele é um vencedor e gosta do progresso que estamos fazendo aqui, não queria nos deixar”.

Desde 2003 no cargo, Bird é o atual responsável por um processo de reconstrução do elenco que alcançou os primeiros resultados na temporada 2010/11. O jovem grupo do Pacers chegou aos playoffs pela primeira vez em cinco anos e foi eliminado pelo Chicago Bulls em cinco jogos .

“Os últimos meses tem sido os mais agradáveis desde que assumiu como presidente”, falou Bird, por meio de uma nota oficial. “Ver estes jovens jogadores evoluírem, vê-los fazer uma série competitiva contra Chicago, são indicativos que estamos no caminho certo e estou ainda mais determinado a ajudar esta equipe a alcançar o próximo estágio”.

A próxima etapa do trabalho de Bird e Morway é decidir quem será o novo treinador da equipe. Depois da demissão de Jim O’Brien, o interino Frank Vogel assumiu o posto e conduziu o time aos playoffs com uma subida de produção na segunda metade da temporada. Vogel já disse que gostaria de ser efetivado no cargo .

Para Simon, a manutenção de Vogel seria a escolha ideal: “Todos adoram Frank. É uma questão de Larry e ele se encontrarem e entrarem em acordo. Larry tem que tomar uma decisão e acho que ela virá em breve”.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.