Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Hornets encara o Blazers para manter invencibilidade na NBA

Time de New Orleans tenta a oitava vitória seguida na temporada no encontro de Monty Williams com seu mentor

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860243145&_c_=MiGComponente_C

Com a derrota do Los Angeles Lakers para o Denver Nuggets na quinta-feira, restou apenas um time invicto na temporada 2010/11. E o New Orleans Hornets entra em quadra esta noite para defender a invencibilidade diante do Portland Trail Blazers.

O Hornets já cravou o melhor começo de temporada da franquia, mas quer mais. O treinador Monty Williams afirmou que a marca de sete vitórias seguidas não é algo que deixa os jogadores satisfeitos.

No entanto, o comandante do time de New Orleans minimizou a possibilidade de seguir invicto. Para Williams, "não há troféu para time imbatível no começo da temporada".

Getty Images
Em sua primeira temporada como treinador, Williams venceu os sete jogos iniciais

Williams e o Hornets podem não ganhar um prêmio pelo que já realizaram, mas o desempenho é surpreendente. O time sequer participou do último playoff e era tido como uma franquia em reconstrução. No entanto, cinco dos sete triunfos conquistados foram diante de equipes que estiveram na fase decisiva da temporada passada.

Com nove jogadores novos, a mudança da equipe técnica foi fundamental para o desenvolvimento da equipe, segundo Chris Paul. O astro da franquia elogiou o novo treinador e afirmou que a equipe "está trabalhando na defesa".

O time de New Orleans tem a defesa que menos sofre pontos neste principio de temporada. O Hornets permite, em média, 90,1 pontos aos adversários.

"Responsabilizado" pela melhora do Hornets, Williams viverá uma noite especial em sua carreira. Em sua primeira temporada como treinador, ele encontrará seu mentor do outro lado da quadra. Antes de assumir o time de New Orleans, o comandante passou cinco anos como assistente de Nate McMillan no Blazers.

"Ele sabe o que eu sei e me ensinou muito", disse Williams sobre o treinador do Blazers. "Ele é como um irmão mais velho para mim".

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG