Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Garnett procura técnico do Denver para explicar caso com Villanueva

Ala do Boston teria chamado jogador do Pistons de paciente com câncer. Karl, treinador do Nuggets, venceu a doença

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882415025&_c_=MiGComponente_C

A mídia norte-americana noticiou nesta quinta-feira que o ala-pivô Kevin Garnett procurou o técnico George Karl depois do jogo de quarta-feira para explicar a ele o que quis dizer com canceroso ao se referir ao ala Charlie Villanueva, do Detroit Pistons.

Karl, técnico do Denver Nuggets, venceu uma batalha contra um câncer de garganta na temporada passada. Disse ter ficado desapontado quando leu na mídia que Villanueva postou em seu twitter que o jogador do Boston o teria chamado de paciente com câncer durante uma partida entre Celtics e Pistons no começo de novembro passado.

AP
George Karl ouve explicações de Kevin Garnett depois do jogo entre Boston e Denver

Fui até ele (George Karl) como homem e disse que nada tenho contra ele ou qualquer outro paciente com câncer que está batalhando e lidando com esta situação de vida. Eu fui lá dizer isso, de homem para homem. Ia falar antes do jogo. Mas houve aquela confusão com o relógio dos 24 segundos, atrasando o começo da partida. E eu queria deixar o jogo de lado para ir falar com ele.

O encontro entre os dois foi breve. Doc Rivers, técnico do Celtics, também participou da conversa.

Ele (Garnett) veio até mim e conversamos de homem para homem, disse o Karl. E eu achei muito legal isso. Foi um gesto de grandeza dele.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG