Tamanho do texto

Armador da Brigham Young University recebeu seu sexto prêmio nesta temporada. No feminino, Maya Moore foi a eleita

Jimmer Fredette foi eleito neste sábado o melhor jogador do basquete universitário desta recém-encerrada temporada. O armador da Brigham Young University, com isso, ganhou o troféu John R. Wooden, uma homenagem ao treinador, morto no ano passado, que ganhou dez títulos universitários por UCLA.

Getty Images
Jimmer Fredette, o melhor universitário
Fredette teve 3.761pontos. “Eu adorei tudo isso”, afirmou Fredette, que se formou e não jogará mais no basquete universitário. “Vivi grandes momentos ao lado dos treinadores e dos meus companheiros. Foi o maior momento de toda a minha vida”.

O também armador Kemba Walker, campeão universitário pela Universidade de Connecticut, ficou em segundo lugar. Walker, que deve permanecer no “college” e adiar sua ida para a NBA, teve 3.356 pontos.

Participaram da eleição cerca de mil jornalistas que cobrem regularmente o torneio universitário.

É importante, no entanto, ressaltar que os votos foram dados antes da decisão do “Final Four”. Na ocasião, UConn venceu Butler por 53 a 41 e Walker foi escolhido o melhor jogador da final.

Este foi o sexto prêmio que Fredette recebeu como destaque do universitário desta temporada. “Moro em uma casa pequena em Nova York e não sei se vou conseguir acomodar todos os troféus por lá”, disse. “Tudo isso está sendo surreal para mim. Tenho encontrado e conversado com grandes pessoas”, finalizou, mencionando Oscar Robertson, Clyde Drexler e Carl Lewis, campeão olímpico no atletismo.

Pelo feminino, a ala-armadora Maya Moore, de Connecticut, foi eleita a melhor jogadora.