Tamanho do texto

Vitória abre sua participação no segundo turno contra time da capital paulista fora de casa. Defesa dos capixabas é a pior da liga

A segunda metade da fase de classificação do NBB começa para o Vitória nesta sexta-feira, com o compromisso fora de casa diante do Pinheiros, às 20h. O técnico da equipe capixaba, Enio Vecchi, prevê muita dificuldade neste encontro, especialmente por conta do poder ofensivo do time da capital paulista.

“Precisamos equilibrar alguns aspectos do jogo, como o rebote, e também aplicar uma defesa muito forte, já que o Pinheiros possui um ataque de bastante volume”, analisou Vecchi. “A expectativa é que nosso time consiga colocar em prática aquilo que trabalhamos nesta semana que tivemos sem jogos, que foi benéfica, pois demos ênfase à parte tática e ao aspecto físico”.

No primeiro encontro entre estas duas equipes, disputado no dia 30 de outubro, o time do Espírito Santo foi humilhado. Mesmo atuando dentro nos seus domínios, perdeu por 109 a 56.

Lesionado, Rafú da Silva estará fora de ação pelo Vitória nesta partida contra o Pinheiros e também no jogo de domingo, contra o Paulistano. Mesmo sem o ala-armador, Vecchi espera bom desempenho dos seus comandados nesta excursão por São Paulo.

“Queremos jogar com um melhor desenvolvimento e fazer uma boa partida, independente deste desfalque”, afirmou o treinador.

Com apenas três vitórias nos 14 jogos realizados do primeiro turno, Vitória aparece na penúltima colocação do NBB. Está à frente apenas de Assis, que venceu uma única vez. A defesa sofre em média 92,2 pontos por jogo e é a pior do campeonato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.