Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Fora de casa, New Orleans leva a melhor sobre Utah na prorrogação

Comandado por "double-double" de Chris Paul, Hornets vence partida bastante equilibrada e impõe quarta derrota consecutiva ao Jazz

iG São Paulo |

O New Orleans Hornets foi a Salt Lake City enfrentar o Utah Jazz nesta quinta-feira e se deu bem. Na prorrogação, conquistou a vitória por 121 a 117 e impôs a quarta derrota consecutiva à equipe mandante.

Chris Paul foi o grande maestro da vitória do New Orleans ao registrar um “double-double”: foram 24 pontos e 12 assistências para o armador nesta noite. No entanto, o principal anotador da equipe foi o ala-pivô David West, com 29 pontos. Outro atleta que apareceu bem pelo time de Louisiana foi o pivô reserva Aaron Gray, com 15 pontos e oito rebotes.

Lesionados, o armador Devin Harris e o ala Andrei Kirilenko desfalcaram o Utah. O destaque da equipe no confronto, uma vez mais, foi a dupla titular de garrafão. O ala-pivô Paul Millsap teve 33 pontos e 11 rebotes, enquanto o pivô Al Jefferson somou 22 pontos e 13 rebotes.

Ao anotar os primeiros nove pontos da partida, o Hornets dava sinais de que controlaria o rival desde o início e não teria problemas para conquistar a vitória. Mas não foi bem isso que aconteceu. Depois de um tempo pedido, o Jazz reagiu e ainda conseguiu terminar o primeiro quarto cinco pontos à frente (32 a 27).

A partir daí, o equilíbrio ditou o ritmo do confronto. Prova disso são as 12 alternâncias na liderança do marcador, que esteve empatado em outras 20 oportunidades. Além disso, o placar não apontou vantagem de dois dígitos de uma equipe sobre a outra em momento algum.

O jogo estava empatado em 103 pontos a 22 segundos do fim, após enterrada de David West. O Jazz então veio para o ataque. Raja Bell tentou um arremesso e tomou o toco de Trevor Ariza. Mas a bola seguiu com os mandantes e Paul Millsap sofreu uma falta no último segundo.

O ala-pivô acertou seus dois tiros, deixando o Utah bem próximo da vitória. Mas o que parecia pouco provável aconteceu: no estouro do cronômetro, o pivô Emeka Okafor conseguiu fazer uma cesta que levou a disputa para a prorrogação.

O Hornets foi melhor durante a maior parte do tempo-extra. Com 2:10 minutos para o encerramento do jogo, passou à frente com um tiro de três de Ariza e não largou mais a liderança.

O próximo compromisso do New Orleans será fora de casa contra o Phoenix Suns, já nesta sexta-feira. O Utah só volta a entrar em quadra no sábado: tentará fazer as pazes com a vitória diante do Dallas Mavericks, novamente como mandante.

Leia tudo sobre: new orleans hornetsnbautah jazz

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG