Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Fora de casa, Chicago consegue boa vitória sobre New Orleans

Em duelo de armadores, Derrick Rose supera Chris Paul e comanda importante vitória do Bulls na temporada

iG São Paulo |

O Chicago Bulls conseguiu uma importante vitória jogando fora de casa contra uma das melhores equipes da Conferência Oeste. Com boa atuação de Derrick Rose, a franquia de Illinois superou o New Orleans Hornets por 97 a 88 na noite deste sábado.

O Chicago levou a melhor em duelo bastante equilibrado. Venceu o primeiro período, mas depois passou boa parte do jogo em desvantagem. A equipe entrou no último quarto perdendo, mas conseguiu a virada com bom trabalho defensivo.

Derrick Rose levou a melhor no duelo de armadores com Chris Paul. O jovem do Chicago fez 23 pontos e distribuiu seis assistências. Já o rival do New Orleans também deu seis passes para cestas, mas marcou apenas 15 pontos.

Foi a 36ª vitória do Bulls em 52 jogos na temporada. A equipe aparece na terceira colocação da Conferência Leste. Já o Hornets amargou seu 23º revés e segue em quinto no lado Oeste da NBA.

AP
Chris Paul é marcado por Derrick Rose

O jogo

Bulls e Hornets fizeram um primeiro período de bastante equilíbrio. As equipes se alternaram no comando do placar, mas o time de Chicago levou a melhor por 24 a 22 na primeira parcial.

O New Orleans aumentou a sua produção ofensiva no segundo quarto. Com ótimo desempenho de Marcus Thornton (14 pontos na parcial), o Hornets anotou 31 pontos no período e foi para o intervalo com boa vantagem de 11: 53 a 42.

A parada fez bem para o Chicago, que voltou melhor no segundo tempo. Sete jogadores diferentes anotaram pontos para o Bulls, que voltou a ter boa produção ofensiva. Derrick Rose comandou a reação com nove pontos na parcial, que terminou com o New Orleans em vantagem por apenas dois (74 a 72).

Se o ataque do Chicago funcionou no terceiro período, no quarto foi a vez da defesa. O Bulls permitiu apenas 14 pontos ao Hornets na parcial. Aproveitando o bom momento, conseguiu a virada quando ainda faltavam dez minutos e depois não teve mais a liderança ameaçada.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG