Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Falta de empenho de jogadores faz técnico do Wizards abandonar treino

Flip Saunders ficou enfurecido também com a postura dos atletas. Wizards tem uma das piores campanhas

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861605929&_c_=MiGComponente_C

Flip Saunders abandonou o treino de ontem pela manhã do Washington. Segundo o site bulletsforever.com, o treinador do Wizards tomou esta decisão porque ficou louco da vida com falta de esforço e as constantes reclamações dos jogadores quando tinham transcorrido apenas cinco minutos de trabalho.

Saunders foi embora junto com seus auxiliares e marcou um treino para a parte da tarde. Treino este, aliás, que não iria ocorrer.

O ala Josh Howard, um dos principais jogadores do time, apoiou Saunders. O armador Hilton Armstrong também. Armstrong reuniu os jogadores no centro da quadra para uma conversa. E disse: Os treinadores só querem que a gente melhore.

AP
Flip Saunders conversa com John Wall em jogo do Washington; treinador está desapontado com time

Howard, que se recupera de uma cirurgia no joelho, aproveitou a fala de Armstrong e também conversou com o grupo. Estamos nos preparando para receber o salário no dia 15 e, por hora, estamos recebendo em troco de nada, afirmou Howard. Precisamos trabalhar mais para merecer este pagamento.

Em cinco jogos realizados até o momento, o Washington ganhou apenas um. O início é decepcionante, porque muito se esperava de um time que pegou o draft número um e escolheu o armador John Wall, um dos melhores atletas da safra passada do basquete universitário.

Além disso, o controverso armador e ala-armador Gilbert Arenas, que foi suspenso por 50 jogos na temporada passada por portar armas dentro do vestiário do time, estava de volta também. Kirk Hinrich, outro da posição, veio do Chicago carregado de predicados.

Mas o time não funciona no momento. "Eu estive em situações em que nós começamos 0-4, 1-5 e mudamos rapidamente", disse Howard, que no campeonato de 2006/07 começou com um 0-4 com o Dallas e terminou a temporada com 67 vitórias. "É um erro corrigível, mas os caras precisam se esforçar ao máximo e tentar o melhor.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG