Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Fabricante chinesa de bolas registra o nome de Jeremy Lin

Empresa desembolsou cerca de R$ 1.200 para utilizar as iniciais do nome do armador do New York Knicks em seus produtos

iG São Paulo |

EFE
Jeremy Lin, armador do New York Knicks
O armador Jeremy Lin tem se destacado na NBA ao longo do último mês, desde que assumiu a titularidade do New York Knicks. Mas uma empresa chinesa fabricante de bolas parece ter acreditado no sucesso do jogador um ano e meio antes de ele ficar famoso no mundo inteiro e registrou seu nome.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A Wuxi Risheng Co Sports Utility aplicou a inscrição Jeremy HSL – uma variação das iniciais do nome do norte-americano de ascendência asiática. O pedido foi aprovado em agosto, tendo a empresa desembolsado apenas US$ 700 (cerca de R$ 1.200).

Leia mais sobre basquete no blog do Fábio Sormani

O acordo pode representar um problema para a Nike. A empresa norte-americana tem contrato com Lin por três anos e lançou recentemente modelos de tênis e camisetas inspirados no jogador, mas dificilmente poderá anular a ação dos chineses.

Veja também: Durant é MVP em vitória do Oeste sobre o Leste no "All-Star Game"

"Será difícil tirar esta marca da Risheng porque ela a aplicou nos mesmos produtos que a Nike costuma vender. O que a Nike e Lin poderiam fazer é comprar a Risheng, algo que poderia custar milhões de dólares”, afirmou o advogado Horace Lam em entrevista à Reuters.

Confira as dez melhores jogadas do "All-Star Game" desde ano

Os conflitos pelo uso de marcas e nomes conhecidos são frequentes na China, pois as leis locais permitem que estes registros sejam feitos com facilidade maior em relação a outros países. O caso mais recente envolveu Michael Jordan, que denunciou uma empresa por uso irregular do seu nome.

Leia tudo sobre: basquetenbajeremy lin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG