Tamanho do texto

Cesta de Tim Hardaway Jr. dá vitória para norte-americanos sobre sérvios por 80 a 78. Argentina se recupera e vence primeira

Diferente da estreia arrasadora contra os egípcios , os EUA não tiveram vida fácil na manhã desta sexta-feira. Em confronto que reuniu os campeões das duas últimas edições da competição, os norte-americanos bateram a seleção da Sérvia por 80 a 78 e garantiram a liderança isolada do grupo D .

Joe Jackson, armador da seleção dos EUA
FIBA / Divulgação
Joe Jackson, armador da seleção dos EUA
A equipe vitoriosa teve o armador Joe Jackson como principal anotador, com 19 pontos. O ala-pivô Patric Young fez 13 pontos e pegou sete rebotes. O ala-pivô Tony Mitchell Jr. e o ala-armador Tim Hardaway Jr. (dono da cesta da vitória) anotaram 11 pontos cada.

Os sérvios contaram o cestinha da partida: o armador Aleksandar Cvetkovic saiu de quadra com 20 pontos. O ala-pivô Marko Gujanicic contribuiu com 16 pontos, enquanto o ala-armador Petar Lambic fez 11.

Embora não tivesse conseguido emplacar uma de suas habituais arrancadas, a seleção norte-americana esteve no comando do marcador durante todo o primeiro tempo, mantendo diferença entre duas e três posses de bola. No intervalo, o placar marcava 38 a 31.

A reação sérvia começaria apenas na segunda metade do terceiro período, quando emplacou série de oito pontos para empatar o confronto em 48 pontos. Os EUA se recuperaram do choque e foram para os 10 minutos derradeiros novamente em vantagem, vencendo por 57 a 53.

A recuperação da Sérvia continuou no último quarto e viraram a partida faltando cinco minutos para o fim. No entanto, os norte-americanos mostrariam a força de sua defesa em seguida: impedindo cestas dos sérvios nos dois minutos decisivos, conseguiram empatar o jogo e garantir a vitória com uma cesta de Hardaway Jr. faltando 40 segundos para o cronômetro zerar.

Fechando a rodada da chave D neste sábado, os EUA encaram os chineses, que perderam suas duas primeiras partidas . A Sérvia encara o Egito.

Argentina se recupera contra Taipei

Após terem sido derrotados na estreia , os argentinos confirmaram seu favoritismo e venceram o primeiro jogo no Mundial Sub 19. A vítima foi Taipei, por 80 a 69. A seleção asiática contabilizou a segunda derrota no grupo B do torneio.

O destaque da Argentina foi o ala Carlos Paredes, cestinha do jogo com 19 pontos e que converteu cinco bolas de três pontos em sete tentativas. O armador Luciano Massarelli contribuiu com 12 pontos.
Taipei contou com atuação destacada do ala Hung Kang-Chaio, que fez 18 pontos. O armador Chen Ying-Chun saiu de quadra com 15 pontos e seis rebotes.

O momento de desequilíbrio em favor dos argentinos foi o terceiro período. Nos dois primeiros, Taipei fez partida dura e não permitiu que os argentinos abrissem grande vantagem. Chegando ao intervalo, a diferença de sete pontos para a Argentina (38 a 31) era a segunda maior que a equipe havia conseguido até então.

Foi no retorno dos vestiários que a seleção azul e branca conseguiu converter sua superioridade técnica em vantagem no marcador. Convertendo 12 dos 14 primeiros pontos do terceiro período, a equipe se desgarrou e fechou o quarto com parcial de 29 a 10. Assim, entrou nos 10 minutos decisivos com 67 a 41 e uma vitória quase sacramentada.

Quase porque Taipei chegou a incomodar no último período. Poupando jogadores, a Argentina teve um rendimento fraco e perdeu o quarto por 28 a 13, permitindo aproximação perigosa dos asiáticos. No entanto, a dianteira aberta nos 30 minutos anteriores foi o bastante para assegurar sua primeira vitória.

Neste sábado, a Argentina faz seu último jogo na primeira fase contra os donos da casa, a Letônia. Taipei joga suas últimas chances na competição contra os australianos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.