Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Erik Spoelstra: ''Você nunca está preparado para isso''

Decepção toma conta de treinador e jogadores do Miami Heat após perda do título, mas futuro do time é visto com otimismo

iG São Paulo |

Festa de um lado, decepção do outro. Enquanto o Dallas Mavericks comemorava o inédito título da NBA e a redenção da derrota nas finais de 2006 , o Miami Heat tentava dar explicações sobre o que deu errado na decisão após perder apenas três jogos até a conquista da Conferência Leste .

Para o técnico Erik Spoelstra, a derrota por 4 a 2 contra o Mavericks foi um golpe difícil de ser absorvido. “Você nunca está preparado para isso, um momento como esse”, afirmou. “Isso não era o que esperávamos. Existe um sentimento de vazio em nosso grupo agora. Às vezes, você simplesmente não é tão bom quanto o adversário”.

A sensação do comandante foi compartilhada pelo ala-armador Dwyane Wade, cestinha do time nos playoffs e um dos maiores pontuadores em média da história das finais . “Você nunca está pronto para quando a temporada termina”, disse. “Não importa onde termine, sempre é um choque. Nunca se pode prever isso”.

Depois de cumprimentar os novos campeões, os jogadores do Heat foram rapidamente para o vestiário. Como se pode imaginar, o clima pós-jogo foi desanimador e nem de perto lembrou a irreverência de alguns momentos da temporada.

“Existiam várias emoções diferentes lá dentro, alguns estavam nervosos, outros tristes”, descreveu o armador Mario Chalmers, elogiado pelo treinador adversário durante a decisão . “Foi uma derrota dura, especialmente por ter acontecido em casa. Lutamos até o fim. Nos últimos dois jogos, acho que eles apenas acertaram mais arremessos nos minutos finais do que nós”.

Nas entrevistas após a partida, LeBron James foi o alvo preferencial dos repórteres. O ala, principal jogador do time na série contra o Chicago Bulls, foi bem marcado pelo Mavericks e teve péssimo desempenho nas finais . No entanto, o astro não acredita que a pressão foi responsável por suas atuações decepcionantes.

“Uma vez que começa os playoffs, todo jogo é uma pressão”, falou. “Às vezes, você consegue e, em outras, não. Este foi o caso desta série. Eu fui capaz de fazer coisas nas últimas duas series que nos ajudaram a vencer. Não fui capaz de fazê-las desta vez”.

Provocado pelo dono do seu antigo time, o Cleveland Cavaliers, após ser derrotado , LeBron se negou a dizer que a temporada tenha sido um fracasso. “É lógico que isso dói”, admitiu. “Mas não vou baixar minha cabeça. Sei o quanto trabalhamos como time. Sei o quanto trabalhei individualmente quando ninguém estava aqui. Isto é algo que as pessoas não vêem”.

Vai ser preciso tempo para que o Heat absorva a dor da derrota, mas Spoelstra acredita que a temporada trouxe muito de positivo para a maturidade da equipe. “Eu tenho certeza que as circunstâncias incomuns que este time foi visto fez com que tivéssemos que passar por muita coisa juntos”, afirmou. “Não há dúvidas que nos tornamos mais fortes”.

Perder nunca é estimulante, mas ter chegado às finais da liga na primeira temporada com o Miami faz com que o ala-pivô Chris Bosh mantenha um olhar otimista sobre o futuro da equipe.

“Olhem para isso, foi apenas o nosso primeiro ano”, lembrou. “Nós gostaríamos de ter vencido já nesta temporada. Mas sendo otimista, olhando para frente, nosso futuro tem tudo para ser brilhante, mas precisamos trabalhar e usar o que aconteceu aqui como motivação”.
 

Leia tudo sobre: NBAplayoffsMiami HeatErik SpoelstraLeBron James

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG