Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

"Era necessário fazer uma mudança", afirma dirigente do Boston

Apesar da boa campanha do Celtics na temporada, Danny Ainge diz que a negociação com o Thunder era a melhor coisa a ser feita

iG São Paulo |

Danny Ainge, gerente geral do Boston Celtics, sabe que a saída de Kendrick Perkins e Nate Robinson para o Oklahoma City Thunder em troca de Jeff Green e Nenad Krstic pegou muita gente de surpresa. Mas o dirigente sentiu que era necessário fazer uma mudança na equipe.

“Considero que tenha sido uma atitude corajosa”, disse Ainge “Seria muito mais fácil não fazer nada, eu reconheço isso. Mas acredito que foi a melhor coisa para a nossa equipe agora e no futuro. Sei qual é a nossa campanha na temporada, mas penso que precisávamos melhorar”.

Ainge explicou que a decisão de negociar Perkins, pivô que vinha sendo titular do Celtics nas últimas temporadas, não foi feita da noite para o dia e que chegou à conclusão de que era a melhor coisa a ser feita após levar em conta a opinião de toda a comissão técnica.

“Nós tomamos decisões como esta coletivamente e por unanimidade”, revelou o cartola. “As coisas são discutidas, pesquisadas, pensadas e nós analisamos se é a mais viável das alternativas”.

Os recém-adquiridos Jeff Green e Nenad Krstic deverão estrear pelo Boston neste sábado, no confronto fora de casa diante do Los Angeles Clippers. A equipe precisa da vitória para se manter na liderança da Conferência Leste, à frente do Miami Heat.

A campanha do time de Massachusetts na temporada é de 41 vitórias e 15 derrotas.

Leia tudo sobre: boston celticsnbadanny ainge

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG