Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Em partida equilibrada, Brasil é superado pela Austrália

No confronto de líderes do Grupo E, seleção perde para australianos por 63 a 57 e sofre segunda derrota no Mundial Sub 19

iG São Paulo |

FIBA / Divulgação
Raulzinho Neto anotou 19 pontos no confronto
Em confronto direto pela liderança do grupo E do Mundial Sub 19, o Brasil acabou derrotado pela Austrália por 63 a 57. Este foi o segundo revés da seleção no torneio e quebra uma série de três vitórias seguidas que a equipe trazia da primeira fase da competição.

O destaque da seleção australiana foi o ala Mitchell Creek, que anotou 23 pontos e pegou dez rebotes. O ala-armador Hugh Greenwood contribuiu com 17 pontos e cinco roubos de bola.

Pelo lado brasileiro, o cestinha foi novamente o armador Raulzinho Neto, com 19 pontos. O pivô Cristiano Felício saiu de quadra com 16 pontos e 12 rebotes. Apesar de ter feito apenas nove pontos, o também pivô Lucas Bebê pegou 16 rebotes e deu quatro tocos.

Neste momento, o Brasil é o vice-líder da chave. No entanto, dependendo dos resultados das partidas a serem realizadas na tarde desta terça-feira, pode terminar o dia na quarta posição.

O jogo

Como em outras partidas do torneio, o Brasil não começou bem e deu brecha para que o oponente abrisse vantagem nos minutos iniciais. Após estar perdendo por 9 a 2, a seleção permitiu apenas três pontos para os australianos nos cinco últimos minutos do período e empataram a parcial em 12 pontos.

O segundo quarto foi o melhor momento brasileiro na partida. Dominando as ações desde as primeiras jogadas, o time assumiu a liderança e, comandado pelo ala-pivô Gabriel Aguirre, ensaiou disparar no marcador.

O Brasil chegou a ter vantagem de 26 a 17 (nove pontos, sua maior na partida) faltando pouco mais de dois minutos para o intervalo, mas relaxou e permitiu a rápida reação australiana. Convertendo 11 dos últimos 13 pontos do período, a Austrália foi para os vestiários com um empate em 28 pontos.

Assim como havia ocorrido com o primeiro quarto, o segundo terminou empatado: 16 a 16.

Diferente dos períodos anteriores, Brasil e Austrália retornaram em equilíbrio do intervalo. Durante todo o tempo, as equipes trocaram cestas e nenhuma chegou a ter mais do que duas posses de bola de vantagem sobre a outra. No final, os australianos levaram a melhor e foram para os 10 minutos decisivos com três pontos de frente – 45 a 42.

E foi o início do último quarto que acabou colocando o Brasil em situação difícil no confronto. Com péssimos três primeiros minutos, a seleção permitiu que os australianos anotassem sete pontos sem resposta e abrissem pela primeira (e única) vez dianteira de dois dígitos no placar, 52 a 42.

Os brasileiros chegaram a diminuir a desvantagem para quatro pontos, mas esbarraram na eficiência australiana e não conseguiram concretizar uma reação. Nesta quarta-feira, pela última rodada da segunda fase da competição, o Brasil tenta a recuperação em um clássico continental contra a Argentina. A Austrália terá pela frente a seleção polonesa.

Leia tudo sobre: Mundial Sub 19BrasilAustrália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG