Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Em partida com três prorrogações, New Jersey vence Toronto

Foram quase três horas e meia de jogo. Cesta de três de Leandrinho Barbosa quase deu a vitória aos canadenses

iG São Paulo |

New Jersey Nets e Toronto Raptors fizeram um jogo mais que disputado neste sábado em Londres. O confronto terminou empatado em 110 pontos no tempo normal, o que levou-o à prorrogação. Na verdade, prorrogações. Foram necessárias três delas para que se conhecesse o vencedor. Ao final de uma partida que demorou três horas e 22 minutos, o time americano fechou o jogo em 137 a 136.

Uma cesta de três pontos do brasileiro Leandrinho Barbosa, a 20 segundos do final da terceira prorrogação, quase deu a vitória para o Toronto, pois passou o Raptors à frente em 136 a 135. Travis Outlaw, no entanto, acertou seus dois lances livres e encerrou a partida, uma vez que no ataque seguinte o Raptors não conseguiu pontuar.

Outlaw, aliás, foi o grande destaque deste último tempo extra. Anotou oito dos dez pontos do New Jersey e ainda deu um toco espetacular em Andrea Bargnani. O italiano terminou a “batalha” com 35 pontos e 12 rebotes, enquanto que Outlaw cravou, vindo do banco, 14 pontos no total.

Brook Lopez, pivô do Nets, também bilhou: 34 pontos e 14 rebotes. Também pelo New Jersey Deron Williams chamou a atenção por conta de seus 21 pontos e 18 assistências.

Leandrinho acabou a partida com 22 pontos, tendo feito 3-5 nas bolas de três e 7-12 no geral. Bateu cinco lances livres e todos atingiram o alvo. Pegou ainda três rebotes e deu duas assistências. Encerrou seus números com um roubo de bola.

A destacar também a quantidade de bolas arremessadas durante os 63 minutos de bola pingando: 216 arremessos. Deles, 111 foram do Toronto e 105 do New Jersey. Os americanos, todavia, bateram 39 lances livres, enquanto que os canadenses foram à linha fatal em 36 oportunidades.

O jogo

O Toronto começou bem a partida, como na sexta-feira. Fechou o primeiro quarto na frente em 30 a 23, mais uma vez conduzido em quadra pelo ala-armador DeMar DeRozan que anotou 13 pontos. O time canadense teve um ótimo aproveitamento dos arremessos: 54,5% (12-22).

Com Leandrinho em quadra no segundo quarto, o marcador disparou. Mas em favor do New Jersey. O time americana venceu o período por 42 a 32 e virou o primeiro tempo na frente em 65 a 62.

O destaque na etapa inicial ficou por conta do aproveitamento das bolas de três das duas equipes. O Nets acertou 8-15 ( 53,3%), enquanto que o Raptors fez 4-9 (44,4%). Uma delas saiu das mãos de Leandrinho, que terminou a etapa inicial com 12 pontos.

O terceiro quarto manteve o cenário do jogo intacto. Os dois times disputaram palmo a palmo cada ponta disponível e o Toronto fechou o quarto na frente em 26 a 23, o que significou empate em 88 pontos ao final do período.

Andrea Bargnani foi o destaque deste período. O pivô italiano, primeiro jogador a ser recrutado no NBA Draft de 2006, anotou 12 pontos, tendo convertido duas bolas de três, uma de suas especialidades.

No período final, outro pivô, Brook Lopez, foi o destaque. O americano anotou nove pontos nestes 12 minutos finais do tempo regulamentar e ajudou o New Jersey a não perder o Toronto de vista. E foi o que aconteceu. Empate em 22 pontos, o que definiu o marcador com 110 pontos para cada lado.

Na primeira prorrogação, uma cesta de Sasha Vujacic a nove segundos do final empatou o confronto em 119 pontos. Nova prorrogação.

Neste segundo tempo extra, novo empate; e isso graças a uma cesta de Deron Williams também a nove segundos do final do jogo. Mais uma prorrogação.

No terceiro tempo extra, finalmente, o vencedor foi conhecido. E graças a Travis Outlaw. O ex-jogador do Portland esteve infalível. Seus oito pontos levaram o time estadunidense à vitória. Destaque para os dois lances livres cobrados a 12 segundos do final da partida. Mesmo pressionado, encestou ambos.

AFP
Petr Cech (esq.) foi ver a partida na Arena O2

Torcedores ilustres

Se no jogo de sexta-feira o zagueiro brasileiro David Luiz, do Chelsea, marcou presença na Arena O2 de Londres para ver New Jersey Nets x Toronto Raptors, neste sábado quem apareceu por lá foi seu companheiro de equipe Petr Cech. O goleiro tcheco se disse um fã do basquete da NBA e chegou cedo ao ginásio londrino para acompanhar a partida entre americanos e canadenses.

Jogadores do Arsenal, eterno rival municipal do Chelsea, também foram ver a partida. Mas não se misturaram ao goleiro tcheco.

Estiveram na Arena O2 de Londres o atacante inglês Jack Wilshere (primeiro a partir da esquerda), o meio-campista francês Samir Nasri (terceiro), o lateral esquerdo francês Gael Clichy (ao lado de Nasri) e o meia espanhol Cesc Fabregas (último à direita).

AFP
Jogadores do Arsenal foram assistir ao último confronto entre New Jersey e Toronto em solo inglês


 

Leia tudo sobre: Leandrinho BarbosaBrook LopezAndrea BargnaniNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG