Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Em noite inspirada de Brandon Rush, Indiana vence Toronto

Com a sua maior pontuação na temporada, 26 pontos, ala-armador ajuda Pacers a derrotar Raptors sem dificuldade

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882164987&_c_=MiGComponente_C

Jogando em casa, o Indiana Pacers não teve dificuldades para derrotar o Toronto Raptors nesta segunda-feira por 124 a 100. O brasileiro Leandrinho Barbosa fez 12 pontos, pegou seis rebotes e deu três assistências. Mas o ala-armador acertou apenas cinco de 14 arremessos arriscados.

O espanhol José  Calderon foi o líder de assistências do Toronto com apenas quatro. No entanto, o armador marcou 21 pontos e foi o cestinha do time. O ala-pivô Amir Johnson contribuiu com 15 pontos.

Pelo Pacers, o ala-armador Brandon Rush anotou 26 pontos, sua maior pontuação na temporada. Outro nome do jogo foi o ala Danny Granger, que marcou 21 pontos, pegou nove rebotes e ainda deu seis assistências.

Essa foi a segunda derrota consecutiva do Toronto. A equipe venceu apenas dois dos seus últimos seis jogos. Já o Pacers se recupera após duas derrotas seguidas.

AP
Leandrinho tenta, em vão, marcar Brandon Rush. Ala-armador do Indiana fez 26 pontos

O jogo foi fácil para o Indiana desde o primeiro quarto. No começo, os mandantes abriram cinco pontos de diferença, vantagem que não caiu até o final do período, que terminou 31 a 18 para a equipe de Indianápolis.

No período seguinte, o Raptors errou três jogadas seguidas e em três minutos o Indiana abriu 45 a 21 no placar. Granger e Rush comandaram o time e fizeram com que o Pacers fosse para os vestiários com 68 a 44 de superioridade no placar.

O Pacers controlou a partida na segunda metade. Os lances livres ajudaram a equipe a manter a vantagem de 24 pontos. Foram 85% das cobranças acertadas, enquanto o Raptors converteu apenas 66%.

O time do Canadá não conseguiu trazer a diferença para apenas um digito em nenhum momento do segundo tempo. O Pacers controlou a partida aproveitando pra poupar os exigidos Danny Granger e Brandon Rush no fim.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG