Tamanho do texto

Alemão brilha ao anotar 48 pontos e comanda vitória dentro de casa do Mavericks na primeira partida das finais da Conferência Oeste

O fator casa fez a diferença no primeiro jogo das finais da Conferência Oeste. Contando com o apoio da sua torcida, o Dallas Mavericks bateu o Oklahoma City Thunder dentro do seu ginásio por 121 a 112 nesta terça-feira e largou na frente na série, muito por conta da grande exibição de Dirk Nowitzki.

O ala acertou 12 dos 15 arremessos que tentou, além de ter convertido todos os 24 lances livres que tentou, e marcou 48 pontos. O alemão teve ainda seis rebotes, quatro assistências e quatro tocos na partida. Dois armadores saíram do banco e deram uma valiosa ajuda ao Dallas: Jason Terry e Jose Juan Barea, que fizeram 24 e 21 pontos, respectivamente.

Pelos lados do Oklahoma City, destaque para o ala Kevin Durant, dono de 40 pontos, oito rebotes e cinco assistências. Já o outro astro da equipe, Russell Westbrook, teve uma atuação apagada. O armador contabilizou 20 pontos, mas 14 deles foram de lances livres. Ele acertou apenas 12 dos 15 chutes que tentou no jogo.

A pontaria apurada do Mavericks foi o que fez a diferença na partida. Os mandantes tiveram aproveitamento de 53,4% nos chutes ao longo do confronto, ao passo que o Thunder acertou o alvo em apenas 47,2% das suas tentativas.

O jogo
Com Nowitzki acertando tudo, o Dallas começou melhor a partida e vencia por 12 a 6 depois de quatro minutos jogados. O alemão tinha dez pontos até então, mas parou de pontuar depois disso. Quem apareceu com destaque a partir deste momento foi Durant. O ala anotou 13 pontos e comandou a virada do Oklahoma City, que terminou o primeiro quarto vencendo por 27 a 20.

Depois de ter errado as seis primeiras tentativas, o Mavericks passou a acertar os arremessos de longa distância no princípio do segundo quarto. O Thunder manteve-se à frente até a marca dos 4:26 minutos para o intervalo, depois que um lance livre de Westbrook deixar o placar em 45 a 39 em favor dos visitantes. Mas o jogo mudou completamente a partir daí.

A atuação impecável ofensivamente de Nowitzki e o bom desempenho da defesa permitiram que o Dallas emplacasse uma corrida de 13 pontos consecutivos. O Oklahoma City marcou somente mais três pontos até o final da primeira metade, todos provenientes de lances livres de Westbrook. Os mandantes foram aos vestiários com sete pontos de superioridade (55 a 48).

O Mavericks continuou apresentando um ataque consistente quando a segunda metade teve início. Além de Nowitzki, Terry apareceu bem pelo time texano, contribuindo bastante para que a vantagem dos mandantes atingisse o duplo dígito ao final do terceiro quarto (90 a 79).

No último quarto, foi a vez de Barea brilhar pelos locais. O porto-riquenho mostrava certa facilidade para superar a marcação rival e anotou 12 dos seus 21 pontos nos cinco minutos iniciais do último quarto. À esta altura, o Dallas vencia por 104 a 89.

O Thunder reagiu ao anotar dez pontos consecutivos. Os dois lances livres convertidos por Durant com cerca de quatro minutos restantes deixaram os visitantes a apenas cinco minutos do empate (104 a 99). Mas o Mavericks não deixou que a aproximação ficasse mais perigosa. Quando a situação parecia ficar difícil, a equipe colocou a bola nas mãos de Nowitzki, que seguiu acertando seus arremessos e impediu qualquer chance de virada do oponente. Veja fotos do confronto



A segunda partida da série está marcada para a quinta-feira. O palco do confronto será novamente a American Airlines Arena, ginásio localizado em Dallas.


    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.