Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Em jogo bastante equilibrado, Franca leva a melhor sobre Brasília

Derrota neste domingo impede que atuais campeões cheguem à vice-liderança. Helinho e Ricardo comandam vitória dos mandantes

iG São Paulo |

Em jogo atrasado da terceira rodada do returno do NBB, Franca contou com o apoio da sua torcida para chegar à vitória. Neste domingo, no ginásio Pedrocão, venceu Brasília por 80 a 77, num jogo com final eletrizante, decidido apenas no estouro do relógio.

O resultado deixa Franca na quinta posição, com 16 vitórias e oito derrotas na competição. A campanha é idêntica à de Bauru, mas a equipe comandada pelo técnico Hélio Rubens leva desvantagem no confronto direto e, por isso, aparece atrás na classificação.

Já Brasília permanece com 17 vitórias e sofreu nesta noite a sua sétima derrota. Os atuais campeões seguem em terceiro, mas viram Pinheiros e Flamengo abrirem vantagem no topo da tabela.

Divulgação
Márcio, de Franca, encara marcação de Guilherme Giovannoni
O armador Helinho Garcia anotou 21 pontos e distribuiu seis assistências para Franca. Outro destaque da vitória dos mandantes foi o pivô Ricardo Probst, que fez um “double-double”: 19 pontos e 16 rebotes.

Brasília teve o cestinha do encontro: o ala Alex Garcia, dono de 23 pontos e que ainda apanhou sete rebotes. O armador Nezinho dos Santos também teve bom rendimento ao somar 13 pontos e dez assistências.

O equilíbrio e o bom trabalho das defesas marcaram a primeira metade do jogo. Desde os minutos iniciais, as equipes se revezaram na liderança constantemente. Ao final do primeiro tempo, o placar apontava empate em 34 pontos.

Franca voltou melhor dos vestiários e assumiu o comando da partida, apesar de não ter conseguido abrir distância folgada. Os mandantes até chegaram a abrir seis pontos de vantagem no último quarto, mas os atuais campeões reagiram e deixaram a reta final do confronto empolgante.

A cesta de três de Alex com pouco menos de um minuto para o fim cortou a desvantagem do Brasília para apenas um ponto. No ataque seguinte, Helinho sofreu uma falta e converteu seus dois lances livres, colocando o time paulista à frente por 80 a 77.

Alex e Alírio arriscaram chutes de longa distância que fariam Brasília empatar o jogo, mas não tiveram sucesso. O bom trabalho no rebote ofensivo ainda permitiu que os visitantes tivessem uma última chance. A bola encontrou as mãos de Arthur, que não conseguiu acertar o alvo, mas que sofreu falta de Vítor Benite no ato do arremesso.

O ala-armador do time da capital federal foi para a linha do lance livre, mas teve direito a apenas dois chutes. Isso porque a arbitragem flagrou que o arremesso que ele arriscara era para dois pontos. Restava naquele momento apenas um segundo para o encerramento da disputa.

Arthur desperdiçou o primeiro lance livre. O erro não estava nos planos do atleta, que não teve outra opção a não ser desperdiçar também a sua segunda tentativa e torcer para que seus companheiros tivessem sorte no rebote.

A bola perdeu-se pela linha de fundo na disputa pela sobra do arremesso errado de Arthur, e o último toque havia sido de Franca. Nezinho fez a reposição nas mãos de Alex, que teve tempo apenas para receber o passe e arremessar imediatamente a bola na cesta. Não deu certo. Apesar da luta, Brasília acabou derrotado e perdeu a chance de encostar nos líderes.

Veja como ficou a tabela de classificação do NBB:

Equipe Vitórias Derrotas Aproveitamento
1º Pinheiros 18 6 73,9%
2º Flamengo 18 6 73,9%
3º Brasília 17 7 70,8%
4º Bauru 16 8 66,7%
5º Franca 16 8 66,7%
6º Uberlândia 16 9 64%
7º Joinville 15 9 62,5%
8º São José 14 10 58,3%
9º Minas 12 12 50%
10º Limeira 10 14 41,7%
11º Araraquara 7 16 30,4%
12º Paulistano 6 18 25%
13º Vitória 6 19 24%
14º Assis 5 19 20,8%
15º Vila Velha 5 20 20%

 

Leia tudo sobre: nbbalex garciahelinho garcia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG