Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Em crise econômica, NBA anuncia demissão de 114 funcionários

Porta-voz da liga diz que decisão não tem ligação direta com o locaute, mas admite prejuízo ao longo dos últimos anos

iG São Paulo |

A NBA demitiu 114 funcionários nos dois últimos dias, alegando necessidade de redução de custos. O número de dispensados representa 11% dos trabalhadores da liga norte-americana, que afirma: o locaute não teve a menor influência na decisão.

Segundo Mike Bass, porta-voz da NBA, as demissões não são consequências diretas do locaute, mas são resultantes dos problemas financeiros que a liga vem enfrentando já há algum tempo.

O déficit na temporada 2010/11 foi de cerca de US$ 300 milhões (cerca de R$ 473,4 milhões). Isso, ainda de acordo com Bass, depois de seguidos anos de prejuízo que a liga teve desde que o acordo coletivo de trabalho anterior – que se encerrou ao final do mês de junho – teve início.

Nos últimos dias, duas franquias também já haviam anunciado a demissão de parte do seu quadro de funcionários: o Charlotte Bobcats e o Detroit Pistons.

O locaute foi instalado na liga ao final do mês de junho, pois dirigentes e jogadores não conseguiram firmar um novo acordo coletivo de trabalho. À época, o presidente da NBA, David Stern, disse: “as paralisações terão um grande impacto em muita gente, e a maioria destas pessoas não tem relação com nenhum dos dois lados deste impasse”.

Leia tudo sobre: david sternlocautenba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG