No Rio, jogador aproveitou para fazer mais uma etapa do tratamento de seu tornozelo direito, ainda em recuperação após uma cirurgia

Ala-pivô da seleção brasileira de basquete e do Cleveland Cavaliers da NBA, Anderson Varejão visitou o Centro de Treinamento Time Brasil, do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), no Rio de Janeiro. De passagem pela Cidade Maravilhosa, o jogador aproveitou para fazer mais uma etapa do tratamento de seu tornozelo direito, ainda em recuperação após uma cirurgia.

Varejão foi atendido pelo fisioterapeuta chefe do COB, Henrique Jatobá, e elogiou a estrutura do local. Acostumado ao alto padrão de qualidade oferecido por sua equipe nos Estados Unidos, o jogador exaltou a estrutura encontrada no local.

"O suporte do COB aos atletas brasileiros é cada vez maior. O local atende às minhas necessidades e surpreende pela qualidade. É muito bom ter esse suporte do Comitê Olímpico Brasileiro. O esporte brasileiro precisa de espaços deste nível e fico feliz que o COB está proporcionando essa estrutura para os atletas", elogiou.

Varejão fica no Rio de Janeiro até este fim desta semana e depois viaja para Vitória (ES), onde mora sua família. O capixaba continuará o processo de recuperação em sua cidade natal, com um fisioterapeuta indicado por Jatobá.

"A recuperação da cirurgia está sendo boa. Comecei em Cleveland (EUA) há cerca de três meses e agora que cheguei ao Brasil tenho que dar sequência ao tratamento", explicou o ala, que não descarta viajar para Mar Del Plata (Argentina) no fim de agosto para acompanhar o Pré-olímpico e incentivar a seleção brasileira.

Jatobá conheceu Varejão nos Jogos Pan-americanos de Santo Domingo-2003, mas a relação de amizade estreitou-se no ano passado, quando o fisioterapeuta participou de um intercâmbio em Cleveland, na área médica da equipe de Varejão na NBA.

"O Anderson é um atleta bastante disciplinado e consciente dos cuidados que deve tomar na recuperação. Sua presença no CT Time Brasil é uma mostra de que temos estrutura para atender os melhores atletas de alto rendimento do país", destacou o fisioterapeuta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.