Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Durant é MVP em vitória do Oeste sobre o Leste no 'All-Star Game'

61ª edição do evento é decidida apenas no último segundo e registra marcas históricas. Ala do Thunder se destaca com 36 pontos

iG São Paulo |

Getty Images
Kevin Durant exibe o troféu de MVP do 'All-Star Game' de 2012
O ala Kevin Durant conquistou o prêmio de MVP (melhor jogador) na edição de 2012 do "All-Star Game" da NBA, realizado neste domingo na cidade de Orlando. Com 36 pontos e sete rebotes, o astro do Oklahoma City Thunder foi quem conduziu a vitória da Conferência Oeste sobre a Conferência Leste por 152 a 149. A 61ª edição do evento foi decidida apenas no estouro do cronômetro, após arremesso errado de Dwyane Wade, e registrou algumas marcas históricas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Os 301 pontos que as duas equipes somaram representam a maior pontuação do “All-Star Game” dentre as partidas que não contaram com prorrogação. Além disso, Kobe Bryant assumiu o posto de maior cestinha do evento com os 27 pontos que anotou. O ala-armador do Los Angeles Lakers soma agora 271 pontos, deixando para trás Michael Jordan – que fez 262.

Leia mais sobre basquete no blog do Fábio Sormani

Autor do arremesso que poderia ter empatado o jogo, Wade teve 24 pontos, dez rebotes e dez assistências. Desta maneira, o ala-armador do Miami Heat tornou-se o terceiro jogador a registrar um “triple-double”. Os outros dois foram Michael Jordan, em 1997, e LeBron James, em 2011.

Veja também: Pau Gasol manifesta ansiedade para ver irmão no 'All-Star Game'

LeBron se destacou novamente neste ano ao contabilizar 36 pontos e sete rebotes. Já o pivô Dwight Howard, do Orlando Magic, não conseguiu tirar proveito do fato de atuar dentro de casa e teve atuação discreta em relação às outras estrelas, tendo anotado nove pontos e dez rebotes.

Leia ainda: Pouco criativo, campeonato de enterradas tem Jeremy Evans como vencedor

Esta é a segunda vitória seguida do Oeste no “All-Star Game”. Ainda assim, o Leste segue com ampla vantagem no confronto histórico entre as duas conferências, com 36 vitórias e 25 derrotas.

E mais: Orlando volta a sediar 'All-Star Game' após 20 anos. Confira curiosidades do evento

A próxima edição do evento será realizada na cidade de Houston, que foi sede da competição pela última vez em 2006.

O jogo

O Oeste assumiu a liderança do marcador de maneira imediata ao anotar os sete primeiros pontos da partida. Com um show de enterradas, o Leste chegou a empatar o confronto em nove pontos, quando restavam exatos nove minutos para o fim do primeiro quarto. Mas a resposta do outro lado veio logo em seguida, com Kobe Bryant e Blake Griffin comandando uma série de oito pontos consecutivos.

Depois disso, o Leste ficou em desvantagem durante o tempo todo. Liderado pelos 13 pontos de Kevin Durant, o Oeste terminou o primeiro quarto ganhando por 39 a 28. A vantagem se manteve na casa do duplo dígito durante quase todo o segundo período e atingiu os 19 pontos com uma cesta incomum de Griffin. Conhecido por suas enterradas acrobáticas, o ala-pivô converteu um tiro de três no último segundo da primeira metade. Assim, o Oeste foi para os vestiários com vitória de 88 a 69.

Pouca coisa mudou na partida no retorno do intervalo. O Oeste continha as tentativas de reação do Leste e seguia com superioridade tranquila no placar. Restando pouco menos de cinco minutos no terceiro quarto, Kobe deu uma enterrada, marcou seu 19º ponto e superou Jordan como maior cestinha da história do “All-Star Game”.

Tudo indicava que o Oeste conquistaria a vitória sem maiores problemas e que o jogo no último quarto serviria apenas para definir o ganhador do troféu de MVP. Com pouco mais de oito minutos para o fim, o ala-pivô LaMarcus Aldridge fez uma bandeja e elevou a diferença no marcador para 20 pontos.

Mas o Leste não estava disposto a desistir e deu início a uma reação. A defesa ficou mais de três minutos sem sofrer cestas, enquanto o ataque continuou mostrando eficiência. Assim, a equipe marcou 12 pontos seguidos e deixou a disputa no fim mais acirrada.

A diferença continuou caindo na medida em que o final do confronto se aproximava. A desvantagem chegou a baixar para um ponto após uma cesta de Deron Williams com menos de dois minutos no relógio. No ataque seguinte, o Leste teve a chance de finalmente passar à frente, pois Wade recebeu um passe de LeBron no contra-ataque e partiu sozinho para a enterrada. No entanto, o ala-armador acabou perdendo o controle da bola e desperdiçou a oportunidade.

Na última posse de bola, o Leste perdia por três pontos e teve a chance de mandar a disputa para a prorrogação, mas Wade não converteu o arremesso de longa distância que empataria o jogo.

Leia tudo sobre: basquetenbaall-star gamekevin durantoklahoma city thunder

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG