Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Douglas Nunes aposta na versatilidade para se firmar na seleção

Jogador do Bauru pode atuar nas posições de ala e ala-pivô e espera permanecer no grupo que vai disputar o Pré-Olímpico

iG São Paulo |

Convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira, Douglas Nunes quer provar ao técnico Rubén Magnano que merece uma vaga no grupo definitivo que vai à Argentina disputar o Pré-Olímpico. Para isso, o jogador do Bauru aposta na versatilidade.

“Eu não sei como ele (Magnano) vai me usar, mas vou preparado para atuar nas duas posições, para dar o melhor tanto na função de ala como na de ala-pivô e ajudar o Brasil a conseguia a vaga nas Olimpíadas”, disse Douglas.

A temporada 2010/11 foi a primeira de Douglas no NBB. O jogador, de 24 anos de idade, registrou médias de 14,0 pontos e 5,2 rebotes por jogo, além de um aproveitamento de 35,9% nos arremessos de longa distância. Com este desempenho, ajudou Bauru a chegar às quartas de final da liga nacional.

“Cheguei como um jogador desconhecido, que estava na Espanha havia três anos”, afirmou Douglas, que defendia o Leyma no basquete espanhol e faz avaliação positiva do seu atual clube. “Bauru tem um projeto muito bom, que tem objetivos futuros. Aqui, não pensam só em resultados no presente. É gratificante estar em um projeto assim”.

Com os desfalques de Nenê Hilário e Anderson Varejão, Douglas tem três concorrentes na posição de ala-pivô: Rafael Hettsheimeir, Augusto Lima e Guilherme Giovannoni. Na ala, disputará a preferência de Magnano com Arthur Belchor, Diego da Silva e Marcelinho Machado.

O Pré-Olímpico será realizado na cidade argentina de Mar del Plata entre os dias 30 de agosto e 11 de setembro. Magnano afirmou que a intenção é definir os 12 atletas que participarão da competição na Copa Tuto Marchand – torneio que ocorrerá em Foz do Iguaçu (Paraná) entre 24 e 26 de agosto.

Leia tudo sobre: douglas nunesnbb

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG