Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Dono do Dallas há 11 anos, Mark Cuban festeja título inédito

Desde que se tornou proprietário do Mavericks, bilionário chama a atenção pelo comportamento excêntrico e punições da NBA

iG São Paulo |

A vitória fora de casa por 105 a 95 neste domingo fez do Dallas Mavericks o 17º time a conquistar o título da NBA. A alegria por vencer o campeonato pela primeira vez tomou conta dos jogadores, da comissão técnica e do proprietário da franquia -- o bilionário Mark Cuban, que acompanha o time em todos os jogos.

Cuban é um dos homens mais ricos do mundo. Estima-se que sua fortuna esteja na casa dos US$ 2,5 bilhões. Em janeiro de 2000, desembolsou US$ 285 milhões para se tornar o dono majoritário do Dallas.

O Mavericks passou por uma grande transformação desde então. O time deixou de ser um mero coadjuvante da NBA para assumir a condição de uma das potências da liga, tendo se classificado para os playoffs em todas as últimas 11 temporadas e alcançado as finais pela primeira vez em 2006.

O envolvimento de Cuban com o Dallas é muito grande, ao ponto de transformá-lo no em uma das figuras mais excêntricas que já apareceram na NBA nos últimos anos. Ao contrário da grande maioria dos proprietários de times da liga, que assistem as partidas nos ginásios em salas reservadas, Cuban costuma se instalar bem próximo da quadra, ao lado dos demais torcedores.

O comportamento excessivamente passional acabou levando Cuban a protagonizar alguns episódios polêmicos ao longo dos últimos anos. Seja por desentendimento com atleta dos outros times, reclamações aos árbitros durante as partidas do Dallas ou por fazer críticas publicamente à NBA, ele já foi punido 13 vezes e multado num valor de aproximadamente US$ 1,7 milhões.

Mas Cuban sente neste domingo que tudo valeu a pena. Quando a sirene soou pela última vez no American Airlines Arena, em Miami, comemorou bastante o título que esperava ver o Dallas conquistando desde quando se tornou o dono da franquia.

“Eu provavelmente vou ficar uns seis meses sem tomar banho”, disse Cuban, emocionado, após o jogo. “Meu maior medo é não conseguir lembrar para sempre de cada parte disso aqui, de toda emoção, de cada sentimento que tive na medida em que a partida estava chegando ao fim”.

Veja no quadro abaixo a diferença de rendimento do Dallas após Cuban ter se tornado dono da franquia:

  Temporadas Aproveitamento Playoffs Finais
Antes de Mark Cuban 20 40% 6 0
Depois de Mark Cuban 11 69% 11 2

Leia tudo sobre: dallas mavericksnbamark cuban

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG