Sam Perkins, Allan Houston e Adonal Foyle também estarão no "Basquete Sem Fronteiras", que neste ano contará apenas com ex-atletas

Dominique Wilkins, um dos maiores ídolos da história do Atlanta Hawks , é a principal atração do “Basquete Sem Fronteiras”, programa que passará pela cidade do Rio de Janeiro entre os dias 29 de julho e 1º de agosto. O evento é organizado pela NBA em parceria com a Fiba e tem como objetivo promover mudança social positiva nas áreas de educação, saúde e bem-estar.

O ex-ala do Hawks, que brilhou na NBA nos anos 1980 e 1990, estará acompanhado de outros ex-jogadores. Sam Perkins, Allan Houston e Adonal Foyle são os nomes que também virão ao Brasil para participar do programa.

Cerca de 50 jogadores com até 19 anos de idade estarão sob os olhares dos atletas do passado. O grupo é composto por jovens de 16 países da América Latina e Caribe, e foi selecionado pela NBA, pela Fiba e pelas federações nacionais participantes.

“O ‘Basquete Sem Fronteiras’ foi um enorme sucesso na última década graças aos esforços da Fiba, além de nossos parceiros e dos muitos membros da família NBA”, disse Kathleen Behrens, vice-presidente executiva da NBA para responsabilidade social e programas de jogadores. “Este programa mostra o comprometimento da liga com o crescimento do basquete no mundo e também de usar nosso esporte para mostrar os problemas sociais em algumas comunidades”.

Efeito do locaute

Nem mesmo o “Basquete Sem Fronteiras” escapou de sofrer consequências negativas em decorrência do locaute, instalado na NBA ao final do mês de junho . Os jogadores, impedidos de trabalhar até que um novo acordo coletivo seja firmado, também não poderão participar do programa.

Esta será a primeira vez que o evento, realizado anualmente desde 2001, não contará com os jogadores em atividade. David Stern, presidente da NBA, já havia antecipado durante as finais da temporada 2010/11 que as ações sociais da liga continuariam sendo realizadas com ex-atletas caso o locaute fosse realmente concretizado.

A oportunidade de participar do evento é comemorada pelos grandes nomes do passado. Um deles é Vlade Divac, pivô sérvio que se destacou pelo Sacramento Kings no início dos anos 2000 e que será uma das atrações quando o programa chegar à Eslovênia.

“Estou impressionado com o crescimento do programa ao longo da última década e, para mim, é um grande orgulho estar presente nesta edição especial de aniversário”, afirmou Divac.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.