Treinador extraiu tumor não-cancerígeno da região e ficará sem poder falar por duas semanas

Getty Images
Doc Rivers passa bem, ficará sem falar, mas a sua voz não corre riscos
O técnico Doc Rivers saiu de sua casa em Orlando (Flórida) e foi para Boston, onde foi submetido a uma cirurgia nesta terça-feira. O comandante do Celtics extraiu um tumor não-cancerígeno da garganta. O time liberou uma nota oficial dizendo que o treinador passa bem.

Rivers descobriu o problema em outubro passado durante exames de rotina. Depois de passar por uma biopsia, ficou constatado que o tumor não oferecia risco a sua saúde. “Parece que ainda ficarei por aqui por um bom tempo”, disse na época, brincando, ao anunciar o resultado negativo.

O procedimento obrigará o técnico a ficar duas semanas sem falar, mas não traz qualquer risco a sua voz. Há poucos dias, Rivers renovou seu contrato com o Celtics por cinco temporadas, recebendo US$ 35 milhões no período.

O problema na garganta de Rivers só foi descoberto por causa de um conselho que Rivers recebeu do ex-treinador do Indiana Pacers, Jim O’Brien. O companheiro de profissão aconselhou o campeão da NBA em 2008 a fazer exames anuais na garganta e cordas vocais para combater o stress natural sofrido na região.

“O’Brien sugeriu isso há uns dois ou três anos e disse que todo o técnico deveria fazer”, lembrou Rivers, que agora passa o mesmo conselho para os amigos. “Eu fico feliz por ter feito. Acho que a maioria dos técnicos deveria fazer também porque gritamos e usamos muito a garganta. Isso faz com que fiquemos mais vulneráveis”.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.