Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Discussões trabalhistas da NBA continuam nesta sexta-feira

Dirigentes, donos de franquia e jogadores se reunirão em Nova York para tentarem se aproximar de novo acordo salarial coletivo

iG São Paulo |

Os dirigentes da NBA irão se reunir em Nova York nesta sexta-feira, em mais uma tentativa de se aproximarem de um novo acordo coletivo de trabalho. Além de David Stern, presidente da liga, e de Billy Hunter, diretor do sindicato dos atletas, o encontro contará com a participação de um grupo de jogadores e proprietários de equipes.

A ação mais recente das negociações ocorreu na terça-feira . A reunião contou apenas com Stern, Hunter e seus respectivos advogados. Nada foi resolvido, e as partes não deram detalhes sobre o teor das conversas.

O atual acordo salarial da liga se encerra ao final do mês de junho. O impasse nas negociações é fruto das reformas financeiras que a liga pretende implementar, alegando que as franquias têm tido prejuízo nos últimos anos.

A principal meta da NBA é fazer com que a soma dos salários dos jogadores sofra uma redução de aproximadamente US$ 750 milhões. Além disso, quer diminuir o tempo de contrato dos atletas e fazer com que o teto salarial das equipes seja inflexível.

As propostas não agradam a outra parte envolvida nas negociações. A associação dos jogadores – que é presidida por Derek Fisher, armador do Los Angeles Lakers – não está disposta a aceitar as imposições da liga .

Já foram realizados encontros durante grandes eventos ao longo da última temporada, como o "All-Star Game" e a série final entre Dallas Mavericks e Miami Heat. A expectativa é que as reuniões aconteçam com frequência cada vez maior nas próximas semanas. Tudo para que um novo acordo coletivo de seja firmado e a possibilidade de greve que coloca em risco a realização da próxima temporada não passe de uma ameaça.

Leia tudo sobre: david sternbilly hunternba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG