Proprietário do Dallas pretendia presentear jogadores e comissão técnica com uma pulseira. A proposta, no entanto, não agradou

O proprietário do Dallas Mavericks, o excêntrico Mark Cuban , estava disposto a inovar depois de a franquia conquistar o título da NBA pela primeira vez na história. Chegou a dizer que os anéis de campeão eram coisa do passado, e que estava na hora de criar uma nova premiação. Os atletas, no entanto, não concordam. Preferem manter a tradição.

“Temos que conversar com ele sobre isso”, disse o ala-pivô Dirk Nowitzki, eleito o MVP (melhor jogador) das finais . "Acredito que a última palavra ainda não foi dada. Ele sempre quer fazer algo diferente, grandioso, mas o anel de campeão é clássico”.

Em clima de brincadeira, Nowitzki ainda arrumou um outro motivo para se posicionar contra a ideia de Cuban, que propôs presentear jogadores e membros da comissão técnica com uma pulseira.

“Eu sou um homem, não sei como me sentiria com uma pulseira”, declarou o alemão. “Prefiro o anel”.

O técnico Rick Carlisle, que já ganhou um anel de campeão da NBA como jogador defendendo o Boston Celtics em 1986 , também não quer que a premiação desta vez seja diferente.

“Tem que ser o anel, não sei o que ele (Cuban) está pensando”, afirmou Carlisle, também em tom de brincadeira. “Se você ganha um campeonato na NBA, você ganha um anel. Se ele quiser nos dar algo além do anel, ótimo”.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.