Tamanho do texto

Encontro ocorrerá em Nova York no último dia antes de o atual acordo coletivo de trabalho da liga chegar ao fim

A cúpula da NBA e a associação de jogadores irão se reunir em Nova York nesta quinta-feira, no último dia antes de o atual acordo coletivo de trabalho da liga chegar ao fim. O encontro é a tentativa final para que o locaute não seja instalado. David Stern, presidente da NBA, ainda acredita na possibilidade de as partes chegarem a um consenso antes do prazo limite.

“Sempre há tempo para se fazer negócio”, afirmou Stern, que decidiu junto dos outros dirigentes da NBA nesta terça, em Dallas, não votar a favor do início do locaute e esperar pela reunião de quinta.

Stern, no entanto, preferiu não entrar em detalhes sobre a declaração de Billy Hunter, diretor do sindicato dos jogadores. O representante dos atletas admitiu a possibilidade de as negociações terem continuidade mesmo após o fim do atual acordo coletivo de trabalho, desde que haja algum sinal de avanço.

“Não vamos falar sobre possibilidades, vamos apenas esperar ansiosamente pela reunião de quinta-feira”, disse o cartola. “Vai ser ótimo”.

O último encontro entre as partes ocorreu na sexta-feira, quando um grupo de cerca de 50 jogadores fez um protesto pacífico , vestindo camisas que formavam mensagem de resistência para o sindicato nas negociações. De acordo com Stern, partiu dos atletas a decisão de nenhuma outra reunião ter sido realizada antes da que vai ocorrer na quinta.

O insucesso nas discussões trabalhistas entre dirigentes e jogadores pode resultar na primeira paralisação das atividades da liga desde a temporada 1998/99, que acabou sendo reduzida a apenas 50 jogos por equipe na fase classificatória .

“Eu certamente gostaria que chegássemos a um acordo, e não fazer negócio deve deixar todo mundo apreensivo”, disse Stern. “O caminho para a liga continuar crescendo é chegar a um acordo e selar a nossa união, que manterá essa união como a mais bem paga do mundo, dará às nossas equipes a oportunidade de lucrar e deixará o campeonato mais competitivo”.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.