Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Detroit vence New Orleans nos segundos finais da prorrogação

Pistons conta com bandeja de Will Bynum e grande atuação de Tayshaun Prince para virar o jogo no tempo extra

iG São Paulo |

O Detroit Pistons recebeu o New Orleans Hornets neste domingo e venceu na prorrogação por 111 a 108. O Pistons conseguiu uma grande recuperação após estar dez pontos atrás no placar.

AP
Tayshaun Prince encara marcação de David West durante vitória do Pistons
O time da casa jogou bastante desfalcado: Richard Hamilton fora com indisposição estomacal. O armador Rodney Stuckey também não jogou com uma lesão no dedão. Essas ausências deram a oportunidade para Tracy Mcgrady começar jogando pela segunda vez na temporada. Mas T-Mac, como é conhecido, não voltou do intervalo com dores na virilha.

Tayshaun Prince foi o destaque dos mandantes acertou 12 de 16 arremessos, equivalente a 75% de aproveitamento e terminou o jogo com 28 pontos. O ala também apanhou 12 rebotes, oito pontos e ainda deu três tocos. Will Bynum, que decidiu o jogo em uma bandeja, saiu do banco para acertar 80% dos arremessos (oito de dez), marcar 21 pontos e servir seis vezes para a cesta. Ben Gordon contribuiu com 25 pontos e Charlie Villanueva com 17.

Pelo Hornets, David West foi o cestinha da partida com 32 pontos. O ala-pivô ainda pegou nove pontos. Já Chris Paul, que teve um chute bloqueado no último segundo do quarto período, fez 23 pontos e pegou dez rebotes. Emeka Okafor anotou outros 13 pontos e 12 rebotes.

Esta foi apenas a terceira vitória do Detroit nos últimos dez jogos. O New Orleans perdeu a oitava fora de casa, mas já tem 16 vitórias na temporada, no entanto, 11 delas jogando em Nova Orleans.

Os anfitriões começaram bem o jogo anotando os seis primeiros pontos, mas rapidamente o Hornets equilibrou o confronto, que terminou empatado em 20 pontos no primeiro período. O segundo quarto, no entanto, foi um passeio dos visitantes. Com grande atuação de David West, que fez seis pontos, pegou dois rebotes e recuperou uma bola nos cinco minutos finais do primeiro tempo, o New Orleans abriu dez pontos de vantagem antes do intervalo: 51 a 41.

O Pistons voltou do intervalo disposto a correr atrás do marcador. Com o apoio dos mais de 16 mil torcedores e as duas cestas de três marcadas em sequência por Gordon, o Detroit diminuiu a diferença para apenas seis pontos no terceiro quarto: 78 a 72.

No último período a diferença sumiu rapidamente e as equipes disputaram ponto a ponto até o fim. Com apenas 24 segundos no relógio o placar marcava 100 a 97 para o Hornets, mas Gordon acertou outra cesta de três e empatou o confronto. Prince bloqueou a bandeja de Chris Paul no último lance e garantiu a prorrogação.

A torcida ficou inflamada no tempo extra e levou o Pistons a marcar os primeiros cinco pontos. Os visitantes se recuperaram e viraram o jogo a 15 segundos do fim: 108 a 107. Foi então que Bynum decidiu a partida: fez a bandeja e sofreu a falta com apenas sete segundos no cronômetro. No entanto, errou o lance livre.

Nos cinco segundos finais o New Orleans tentou a virada, mas o passe de Trevor Ariza para o garrafão foi interceptado por Jason Maxiell. Com a bola recuperada, Maxiell enterrou e garantiu a vitória.
 

Leia tudo sobre: Detroit PistonsNew Orleans HornetsNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG