À frente da franquia de Michigan há duas temporadas, treinador colecionou resultados negativos e problemas com jogadores da equipe

A trajetória do técnico John Kuester no Detroit Pistons parece estar bem próxima do fim. De acordo com fontes ligadas à franquia, o treinador não deverá ser mantido para a próxima temporada.

Kuester foi contratado em 2009 para se tornar o 27º técnico do Detroit na história, mas não teve desempenho satisfatório. Somando as duas temporadas em que esteve à frente da equipe, venceu 57 partidas e perdeu 107.

Além dos resultados negativos, Kuester colecionou problemas de relacionamento com alguns jogadores do time . Richard Hamilton, Rodney Stuckey, Tayshaun Prince e Tracy McGrady são alguns dos atletas que se desentenderam com o treinador.

O Pistons encerrou a temporada 2010/11 com 30 vitórias e 52 derrotas e ficou de fora dos playoffs pelo segundo ano consecutivo. A equipe não ficava tanto tempo sem disputar os mata-matas desde as ausências consecutivas entre os anos e 1993 e 1995.

A mudança de treinador não deverá ser a única mudança do Detroit. Na próxima quarta-feira (1º), será votada a aprovação da venda da franquia a Tom Gores, que passaria a ser o novo proprietário do Pistons.

Kuester é um dos nomes estudados por Mike Brown, novo treinador do Los Angeles Lakers, para fazer parte da comissão técnica da equipe californiana . Os dois são velhos conhecidos, pois trabalharam juntos no Cleveland Cavaliers.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.