Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Denver acaba com série invicta do Lakers, que fica longe do topo

Nenê Hilário faz 12 pontos e sete rebotes na sexta vitória seguida do Nuggets. Atuais campeões se distanciam da liderança do Oeste

iG São Paulo |

O Denver Nuggets colocou ponto final à série invicta de nove partidas do Los Angeles Lakers neste domingo. Mesmo atuando fora de casa, conquistou a sexta vitória consecutiva ao bater os atuais campeões por 95 a 90.

Com o resultado, o Lakers soma 55 vitórias e 21 derrotas e fica mais distante da liderança da Conferência Oeste. O San Antonio Spurs, primeiro colocado, tem recorde de 58-19. Já o Denver se garante matematicamente nos playoffs.

O pivô brasileiro Nenê Hilário teve boa atuação pelo Nuggets. Acertou cinco dos oito arremessos que tentou e saiu de quadra com 12 pontos. Registrou ainda sete rebotes, três assistências e três roubos de posse de bola durante os 32:37 minutos que esteve em quadra.

O principal destaque do triunfo do Denver foi o ala italiano Danilo Gallinari, com 22 pontos, sete rebotes e três roubos. O ala-pivô Kenyon Martin colaborou com 18 pontos e oito rebotes. Já o armador reserva Raymond Felton teve 16 pontos, todos anotados na segunda metade do confronto.

Apesar de não ter evitado a derrota do Lakers, Kobe Bryant foi o cestinha da partida ao marcar 28 pontos. Quem também apareceu bem pela equipe da casa foi o ala-pivô espanhol Pau Gasol, com 16 pontos e 12 rebotes. O pivô Andrew Bynum somou oito pontos e 16 rebotes.

Nuggets e Lakers fizeram um primeiro quarto bastante equilibrado e com as defesas predominando. As duas equipes ficaram abaixo dos 30% de aproveitamento de ataque durante quase todo o período. Os visitantes aproveitaram melhor as chances que tiveram e fecharam os 12 minutos iniciais com 21 a 20 no placar.

O Lakers melhorou a sua produção ofensiva no segundo quarto, além de seguir fazendo bom trabalho na defesa. Isso foi o suficiente para a equipe californiana conseguir assumir o controle da situação. Comandado pelos 19 pontos de Kobe Bryant, os mandantes foram para o intervalo com 47 a 40 no placar.

O bom momento de Nenê no terceiro quarto ajudou o Nuggets a restabelecer a igualdade no duelo. O brasileiro fez três cestas seguidas quando restavam cerca de cinco minutos para o final do período e empatou o jogo em 58 pontos.

Nenê não era o único atleta do Denver que parecia ter voltado com mais disposição dos vestiários. Raymond Felton passou os primeiros 32 minutos do confronto sem marcar um único ponto sequer. O armador saiu do zero quando faltavam cerca de três minutos para o fim do terceiro quarto, ao acertar um tiro de longa distância que permitiu à sua equipe passar à frente do rival no placar (61 a 60).

Getty Images
Jogadores do Denver comemoram a vitória
Foram os três primeiros pontos dos 16 que Felton anotou no confronto. Sua última cesta deu início à uma corrida de nove pontos consecutivos do Nuggets, que abriu 91 a 83 com exatos 2:12 minutos por jogar.

O Lakers ainda tentou reagir. Uma cesta de longa distância de Lamar Odom a 15 segundos do fim cortou a desvantagem para apenas dois pontos (92 a 90). Em seguida, uma falta foi rapidamente cometida em cima de Nenê, que acertou o primeiro lance livre e errou o segundo. Contudo, o rebote ficou nas mãos de Kenyon Martin, que colocou a bola dentro da cesta e definiu a vitória dos visitantes.

Leia tudo sobre: denver nuggetsnbalos angeles lakers

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG