Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

De 'cara nova', seleção feminina corre atrás de entrosamento

Passada primeira semana de treinos, renovada equipe do treinador Enio Vecchi trabalha pensando na classificação para Londres-2012

iG São Paulo |

Esta sexta-feira marca o fim da primeira semana de treinamentos da seleção feminina adulta. Diante de uma equipe renovada , cheia de “caras novas” e com apenas seis jogadoras que estiveram no Mundial de 2010, o treinador Enio Vecchi focou o início de seus trabalhos no ataque e na obtenção de entrosamento .

Divulgação
Enio Vecchi, técnico da seleção feminina
Até o momento, o técnico está satisfeito com a postura do elenco. “Esta semana tem sido fantástica”, afirmou. “A receptividade e a resposta que elas têm dado em treino tem sido espetacular. Acho que o espírito que o grupo tem mantido, de seleção e vestir a camisa do Brasil, está ficando bem evidente no dia a dia e isso é muito importante”.

Entre os dias 17 e 24 deste mês, a seleção disputará dois torneios amistosos na China, contra a seleção local, Austrália e Nova Zelândia. A intenção da comissão técnica é dar experiência internacional às atletas mais jovens do time antes da disputa do Pré-Olímpico, na Colômbia.

As competições serão importantes, por exemplo, para a lateral Tatiana Nascimento, de apenas 20 anos de idade. A intenção da jovem jogadora é usar todos os minutos possíveis para aprender. “Todos aqui sabem muito mais coisas do que eu e tem muita coisa boa para me ensinar”, disse. “Com certeza, vim aqui buscando isso também”.

Com apenas uma vaga direta para as Olimpíadas de Londres em jogo e sem a presença da seleção norte-americana, o pensamento da seleção brasileira é garantir a classificação para os Jogos já na Colômbia, sem depender do Pré-Olímpico Mundial.

“Tem que ser essa chance direta”, falou Micaela, que esteve com a seleção nas Olimpíadas de Pequim, em 2008. “Eu acho que se a gente for para o Pré-Olímpico Mundial é muito mais difícil. Nós temos time para conseguir a vaga e tem que ser agora. Até setembro, a equipe vai estar ‘na ponta das cascas’”.

O Pré-Olímpico da Colômbia será disputado entre 24 de setembro e 1º de outubro. O Brasil está no grupo B, ao lado de Paraguai, Canadá, Jamaica e México. Enquanto o campeão garante presença em Londres, as seleções que terminarem entre as segunda e quarta colocações vão para o Pré-Olímpico Mundial.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG