Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Dallas supera Philadelphia e vence a terceira partida seguida

Jason Kidd passou atingiu a marca das 11 mil assistências na carreira; Detroit derrota Clippers no tempo-extra

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860224536&_c_=MiGComponente_C

O Dallas Mavericks conquistou a sua terceira vitória consecutiva. Atuando dentro do seu ginásio, passou pelo Philadelphia 76ers por 99 a 90.

O armador porto-riquenho do Dallas Jose Juan Barea saiu do banco e foi o cestinha da partida. Durante os 22 minutos em que esteve em quadra, acertou metade dos 14 arremessos tentados e anotou 19 pontos.

AP
Spencer Hawes tenta roubar a bola de Dirk Nowitzki

Outros dois destaques do time texano foram os alas titulares Shawn Marion e Dirk Nowitzki: os dois tiveram 16 pontos e cinco rebotes cada. Já o pivô Tyson Chandler atingiu o double-double ao somar 11 pontos e 12 rebotes.

A noite foi especial para Jason Kidd. O veterano armador anotou oito pontos e distribuiu dez assistências. Dessa forma, atingiu a marca das 11 mil assistências na carreira.

O principal pontuador do Philadelphia foi o ala reserva Thaddeus Young, com 17 pontos. O ala Andre Iguodala teve 13 pontos e sete rebotes. O armador Jrue Holiday, por sua vez, mais uma vez alcançou os dois dígitos em dois fundamentos: foram 11 pontos e 13 assistências.

Os visitantes chegaram a liderar o marcador nos minutos iniciais, mas o Dallas rapidamente virou. Encerrou o primeiro quarto com 31 a 22 de vantagem e manteve-se à frente pelo restante do jogo.

O Philadelphia voltou a assustar no princípio do último período, quando chegou a ficar a um ponto do empate. Mas o Mavericks respondeu com dez pontos consecutivos e não voltou a ter a sua vitória ameaçada.

Detroit vence Clippers na prorrogação

AP
Blake Griffin protege a bola da marcação de Tracy McGrady

Em Los Angeles, duas das equipes de pior campanha na liga mediram forças. O Detroit Pistons levou a melhor: chegou à terceira vitória em nove jogos disputados na temporada ao passar pelo Clippers por 113 a 107 na prorrogação. O resultado deixou o time local com nove derrotas e apenas um triunfo no campeonato.

Charlie Villanueva, ala-pivô reserva do Detroit, saiu do banco para anotar 30 pontos. Outro bom jogador da equipe de Michigan no jogo foi o o armador Rodney Stuckey, com 17 pontos e seis assistências.

O Clippers contou com uma ótima apresentação de Blake Griffin, que obteve um expressivo double-double: foram 18 pontos e 18 rebotes para o ala-pivô novato. O armador Eric Gordon fez 28 pontos, mas perdeu a bola que poderia levar o time californiano à vitória no final do tempo regulamentar.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG