Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Dallas e Miami se enfrentam buscando liderança na série decisiva

Cada time venceu duas vezes até o momento nas finais. Quem ganhar o jogo desta quinta-feira, fica a um passo de se sagrar campeão

iG São Paulo |

Está tudo igual nas finais da NBA. Depois de quatro jogos disputados, a série entre Miami Heat e Dallas Mavericks está empatada em 2 a 2. O quinto confronto da decisão acontecerá nesta quinta-feira, às 22h de Brasília, e será novamente realizado em Dallas. A ESPN transmitirá a partida ao vivo.

No encontro da terça-feira, a torcida do Dallas temia ver o time local tropeçar mais uma vez dentro de casa . Restando nove minutos para o fim, o Heat tinha nove pontos de vantagem a seu favor. Mas Dirk Nowitzki, que estava apagado até então, marcou dez dos seus 21 pontos no último quarto e comandou a virada do Mavericks, que ganhou por 86 a 83 .

O time do Miami e a desvantagem no marcador não foram as únicas adversidades superadas pelo alemão. Uma febre, que chegou a atingir os 39 graus, o incomodou durante todo o jogo .

A febre ficou para trás. Nowitzki disse estar recuperado e afirmou que vai entrar em quadra nesta quinta em condições físicas bem melhores.

Do outro lado, LeBron James teve desempenho inverso. Com apenas oito pontos, sendo que nenhum deles foi anotado no último quarto, o ala do Heat registrou a pior marca da carreira em jogos de playoffs .

LeBron se justificou dizendo que preferiu passar a bola para companheiros em melhor posição de arremesso quando sofria a dupla marcação do oponente. Mas DeShawn Stevenson, ala-armador do Dallas Mavericks, preferiu abordar o fato de forma mais polêmica ao julgar que o camisa 6 do Miami se omitiu na partida .

A crítica de Stevenson fundamenta-se nos números apresentados pelo rival na série, sobretudo nos momentos decisivos. Considerando apenas os últimos quartos das partidas realizadas até o momento na decisão, LeBron tem média de apenas 2,25 pontos por jogo . Desempenho bem inferior se comparado a Nowitzki, que registra 11 pontos ao longo dos 12 minutos derradeiros dos confrontos desta série.

Comentários provocativos de Stevenson não são novidade nestas finais. O jogador já havia anteriormente reclamado do excesso de faltas marcadas em favor do Miami Heat , tendo inclusive chamado Wade e LeBron de "bons atores".

Dentro de quadra, no entanto, Stevenson não atravessa grande fase, tendo perdido o lugar no quinteto inicial do Dallas no último jogo. O técnico da equipe, Rick Carlisle, preferiu escalar o armador Jose Juan Barea na sua vaga . A mudança agradou o comandante, que deverá manter o porto-riquenho dividindo a armação titular do time com o veterano Jason Kidd.

Leia tudo sobre: dallas mavericksnbamiami heat

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG