Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Dallas bate o New Jersey em casa e chega a 11 vitórias consecutivas

Pontaria calibrada e o apoio da torcida fizeram a diferença em favor do Mavericks, que estendeu a sua série invicta

Luís Araújo, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882420407&_c_=MiGComponente_C

O Dallas Mavericks confirmou o ótimo momento que atravessa na temporada. Atuando dentro de casa, bateu o New Jersey Nets por 102 a 89 e alcançou a marca de 11 vitórias consecutivas.

O ala Dirk Nowitzki atingiu mais um double-double e foi o principal responsável pelo triunfo dos mandantes: com oito arremessos certeiros em dez tentados, anotou 21 pontos e ainda somou dez rebotes. O também ala Shawn Marion foi outro atleta que contribuiu bem para o resultado positivo do Dallas: saiu do banco para registrar 18 pontos e seis rebotes.

AP
Dirk Nowitzki faz a bandeja; alemão acertou 80% dos seus arremessos

O New Jersey teve o cestinha do jogo: o jovem pivô Brook Lopez, que fez 24 pontos e apanhou oito rebotes. O ala-armador Anthony Morrow apareceu com 21 pontos, enquanto o ala-pivô Kris Humphires somou 16 pontos e 13 rebotes. Mas não foi o suficiente para evitar que o treinador Avery Johnson deixasse a quadra derrotado contra o time o qual conduziu à final da NBA, em 2006.

A grande arma do Mavericks para estender a sua invencibilidade nesta noite foi a pontaria calibrada dos seus jogadores. Dos 75 arremessos tentados, 45 caíram, resultando num ótimo aproveitamento de 54,7%. Além disso, o ataque mostrou-se bastante solidário, distribuindo 31 assistências, contra somente 20 do adversário.

Humphries fez a primeira cesta do jogo, inaugurando o placar em favor do Nets. Mas os texanos passaram à frente já nas posses de bola seguintes e não estiveram mais em desvantagem pelo restante do confronto. Com uma corrida de sete pontos consecutivos, encerraram o primeiro quarto vencendo por 30 a 19.

Os mandantes seguiram controlando o jogo no período seguinte, mantendo os dois dígitos de superioridade no marcador. E conseguiram levar 15 pontos de liderança (55 a 40) para o intervalo após o armador Jason Kidd ter acertado uma bola de três no estouro do cronômetro.

Uma cesta do ala Caron Butler logo no princípio do terceiro quarto fez com que o Mavericks abrisse 21 pontos (62 a 41). Mas os visitantes engataram uma boa reação e chegaram a cortar a diferença para apenas cinco pontos (70 a 65) nos minutos seguintes.

A aproximação, no entanto, parou por aí. O Dallas voltou a abrir dois dígitos na reta final do terceiro período e manteve distância segura durante todo o último quarto, não permitindo que os rivais colocassem a 11ª vitória consecutiva em risco.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG