Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Dallas bate New York fora de casa e segue em bom momento

Comandado pelos 29 pontos e 11 rebotes de Dirk Nowitzki, Mavericks dominou o Knicks no segundo tempo e venceu a sexta seguida

iG São Paulo |

O Dallas Mavericks conquistou sua sexta vitória consecutiva na noite desta quarta-feira em pleno Madison Square Garden. A equipe do Texas visitou o New York Knicks e venceu por 113 a 97.

Dois estrangeiros comandaram o triunfo do Dallas. O ala alemão Dirk Nowitzki fez 29 pontos, 11 rebotes e três assistências. Já o armador porto-riquenho Jose Juan Barea saiu do banco e colaborou com 22 pontos. Outro destaque dos visitantes foi o pivô Tyson Chandler, com mais um “double-double”: 15 pontos e 11 rebotes.

A principal figura do New York no disputa foi o ala italiano Danilo Gallinari, com 27 pontos e seis rebotes. O armador reserva Toney Douglas acertou nove dos 13 arremessos que tentou e marcou 22 pontos.

Os números de Amar’e Stoudemire, principal atleta do Knicks, não foram ruins. O ala-pivô terminou a partida com 21 pontos, cinco rebotes, quatro assistências e três tocos. Mas seu desempenho despencou ao longo dos dois últimos quartos, tanto que não pontuou na segunda metade.

Getty Images
Danilo Gallinari encara defesa do Dallas

O poderoso ataque do New York mostrou sua força logo no princípio da disputa. Foram 34 pontos anotados no primeiro quarto, sendo 11 deles de Gallinari. Desta forma, os mandantes terminaram o período inicial ganhando por 34 a 27.

Mas o Dallas não demorou para reagir no quarto seguinte. Aproveitando-se da série de erros ofensivos do oponente, anotou os dez primeiros pontos e passou à frente no placar (37 a 34). O Knicks só foi pontuar quando restavam pouco mais de oito minutos para o intervalo, após tiro de três pontos certeiro de Douglas.

Daí em diante, os times se revezaram na ponta do marcador algumas vezes. Os texanos mostraram-se mais consistentes na reta final e foram para os vestiários em superioridade de quatro pontos (56 a 52).

O poder ofensivo do Knicks desapareceu no retorno do intervalo. A equipe demonstrava muitas dificuldades para pontuar contra a eficiente defesa do Dallas. As coisas davam errado também do outro lado da quadra, pois os visitantes conseguiam pontuar tranquilamente.

Um tiro de longa distância de DeShawn Stevenson encerrou uma corrida de 11 pontos consecutivos do Mavericks. Naquela altura, restando quatro minutos e meio para o encerramento do terceiro quarto, 24 pontos separavam as duas equipes (82 a 58).

O time local até cortou parte da desvantagem, mas não conseguiu mais voltar a equilibrar o confronto. Melhor para o Dallas, que deu sequência à sua série invicta.

Leia tudo sobre: dallas mavericksnew york knicksnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG