Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Confira os confrontos da semifinal da Conferência Oeste na NBA

Dallas e Lakers fazem duelo de equipes experientes. Pela primeira fez na semi, Oklahoma City Thunder e Memphis fazem a outra série

João Henrique Olegario, IG São Paulo |

Quatro times ainda seguem vivos na briga pela conquista da Conferência Oeste. Atual bicampeão, o Los Angeles Lakers precisará passar pelo Dallas Mavericks se quiser fazer a quarta final consecutiva. Na outra semifinal o Oklahoma City Thunder disputa um lugar na final. Quem levar a conferência garante um lugar na grande decisão da NBA.

O Lakers viveu momentos questionáveis na série de playoffs contra o New Orleans Hornets. Após ser superado no primeiro duelo mesmo jogando em casa, o time de Los Angeles ficou em desvantagem na série. Em seguida, a equipe teve que lidar com uma lesão no tornozelo de Kobe Bryant. No entanto, a equipe californiana se recuperou, fez dois bons jogos e avançou.

O rival do Lakers será o Dallas. O time texano também encontrou bastante dificuldade no começo da série contra o Portland Trail Blazers. Cada equipe venceu seus dois primeiros jogos em casa. No momento decisivo o Mavericks voltou a ser forte e fechou o duelo.

Na outra semifinal estão duas equipes surpreendentes. O Oklahoma evoluiu desde a queda na primeira rodada da temporada passada. Com tranquilidade, o Thunder dominou o Denver Nuggets e conseguiu a vaga inédita. O adversário será o Memphis que despachou nada mais nada menos do que o San Antonio Spurs, primeiro colocado do Oeste na primeira fase.

Confira abaixo os dois confrontos de semifinal do Leste com detalhes sobre cada um dos quatro times envolvidos na disputa.
 

(2º) LOS ANGELES LAKERS x DALLAS MAVERICKS (3º)
Confronto direto na temporada: 2 a 1 para o Lakers

Getty Images
Los Angeles Lakers de Kobe Bryant terão que superar o Dallas para seguir vivo na briga pelo tricampeonato

LOS ANGELES LAKERS
Campanha: 57 vitórias e 25 derrotas
Nos playoffs: Vitória por 4 a 2 sobre o New Orleans Hornets
Quinteto inicial: Derek Fisher, Kobe Bryant, Ron Artest, Pau Gasol e Andrew Bynum
Técnico: Phil Jackson
Destaque: Kobe Bryant, com médias de 25,3 pontos, 5,1 rebotes e 4,7 assistências por jogo.
Destaque nos playoffs: Andrew Bynum, com médias de 15,2 pontos, 10,3 rebotes.
Curiosidade: A participação de Andrew Bynum foi decisiva na série contra o New Orleans. O jogador saltou de quarto principal cestinha da equipe na temporada regular para a segunda posição nos playoffs. Enquanto Kobe Bryant, Pau Gasol e Lamar Odom tiveram quedas de médias em pontuação, o pivô melhorou 3,9.

DALLAS MAVERICKS
Campanha: 57 vitórias e 25 derrotas
Nos playoffs: Vitória por 4 a 2 sobre o Portland Trail Blazers
Quinteto inicial: Jason Kidd, DeShawn Stevenson, Shawn Marion, Dirk Nowitzki e Tyson Chandler
Técnico: Rick Carlisle
Destaque: Dirk Nowitzki, com médias de 23 pontos, 7,0 rebotes e 2,6 assistências por jogo.
Destaque nos playoffs: Dirk Nowitzki, com médias de 27,3 pontos, 7,8 rebotes e 3 assistências por jogo.
Curiosidade: O Dallas não teve uma defesa muito agressiva na primeira rodada dos playoffs quando superou o Portland Trail Blazers. Entre as equipes que seguem vivas na briga pelo título, o Mavericks é o pior em número de erros forçados, roubadas de bola e bloqueios.

Histórico: O domínio é do Lakers quando o assunto é playoffs. O time de Los Angeles venceu 12 das 18 partidas entre ambos na pós-temporada. A equipe californiana conseguiu vitória nas três séries entre ambos. No entanto, a última vez que o duelo aconteceu foi em 1988.

Atual bicampeão, se conseguir ficar com o troféu pela terceira vez consecutiva o Lakers igualará o Boston no número de conquistas. O time de Los Angeles venceu o campeonato em 16 oportunidades. Já o Dallas busca a conquista inédita.

Prognóstico: Lakers deverá vencer em sete jogos. As duas equipes oscilaram bastante na temporada assim como seus principais jogadores, Kobe Bryant pelo time de Los Angeles e Dirk Nowitzki pelo Mavericks. Outro duelo interessante na série é entre os reservas. Jason Terry do Dallas já levou o prêmio de melhor sexto homem duas vezes, mas neste ano quem levou foi Lamar Odom. O confronto pode ser decidido no mando de quadra e o time californiano tem esta vantagem.

 

(4º) OKLAHOMA CITY THUNDER x MEMPHIS GRIZZLIES (8º)
Confronto direto na temporada: 3 a 1 para o Memphis

Getty Images
Cestinha da liga, Durant é a principal arma do Thunder para superar Memphis e fazer final inédita

OKLAHOMA CITY THUNDER
Campanha: 55 vitórias e 27 derrotas
Nos playoffs: Vitória sobre o Denver Nuggets por 4 a 1
Quinteto inicial: Russell Westbrook, Thabo Sefolosha, Kevin Durant, Serge Ibaka e Kendrick Perkins
Técnico: Scott Brooks
Destaque: Kevin Durant, com médias de 27,7 pontos, 6,8 rebotes e 2,7 assistências por jogo.
Destaque nos playoff: Kevin Durant, com médias de 32,5 pontos, 5,6 rebotes e 3,6 assistências por jogo.
Curiosidade: O Oklahoma City Thunder tem o melhor desempenho ofensivo nos playoffs. A equipe somou 102,2 pontos de média na série em que eliminou o Denver. O time de Kevin Durant é o único com rendimento centenário e conseguiu isso através de um ótimo trabalho nos rebotes: 48,2 por jogo.

MEMPHIS GRIZZLIES
Campanha: 46 vitórias e 36 derrotas
Nos playoffs: Vitória por 4 a 2 sobre o San Antonio Spurs
Quinteto inicial: Mike Conley, Tony Allen, Sam Young, Zach Randolph e Marc Gasol
Técnico: Lionel Hollins
Destaque: Zach Randolph, com médias de 20,1 pontos, 12,2 rebotes e 2,2 assistências por jogo.
Destaque nos playoffs: Zach Randolph, com médias de 21,5 pontos, 9,2 rebotes e 3,3 assistências por jogo.
Curiosidade: O jogo do Memphis se concentrou no garrafão. Marc Gasol e Zach Randolph foram os principais cestinhas da equipe na série contra o San Antonio. No caminho contrário, a equipe não teve bom desempenho nos arremessos longos. O Grizzlies foi o segundo melhor no aproveitamento de bolas de dois pontos (47,5%), mas o pior em tiros que valeram três (3,7).

Histórico: As duas equipes conseguiram feitos inéditos nesta temporada. Tanto o Oklahoma quanto o Memphis jamais haviam conseguido vencer uma série de playoffs. Quem levar a melhor no confronto se garante pela primeira vez na decisão da Conferência Oeste.

Prognóstico: O Oklahoma deve vencer a série em seis jogos apesar da surpreendente boa fase do Memphis. O Thunder mostrou muita força física na série contra o Denver Nuggets. A equipe ainda tem o mando de quadra e dois jogadores vivendo um ótimo momento. Kevin Durant e Russell Westbrook podem fazer a diferença contra o time que eliminou o San Antonio Spurs, dono da melhor campanha da Conferência Oeste.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG