Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Com terceiro quarto perfeito, Spurs bate o Bulls em San Antonio

Equipe texana foi comandada pelo veterano Tim Duncan, que anotou 16 pontos e pegou 18 rebotes no jogo

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860486063&_c_=MiGComponente_C

O San Antonio Spurs chegou à oitava vitória consecutiva. Na noite desta quarta-feira, a equipe do Texas bateu o Chicago Bulls por 103 a 94. O pivô brasileiro Tiago Splitter ficou no banco durante todos os 48 minutos da partida.

Tim Duncan teve desempenho expressivo pelo time da casa: foram 16 pontos, 18 rebotes, cinco assistências e dois tocos para o veterano ala-pivô. O armador Tony Parker contribuiu com 21 pontos e sete assistências, enquanto o ala-armador argentino Manu Ginobili anotou 20 pontos.

O cestinha do jogo foi a jovem estrela do Chicago, Derrick Rose. O armador acertou 15 dos 27 arremessos de quadra que tentou e terminou a partida com 33 pontos, além de ainda ter dado quatro assistências. Quem também se destacou pelos visitantes foi o pivô Joakim Noah, dono de dez pontos e 14 rebotes.

AP
Jovem Derrick Rose atormentou a defesa do Spurs com suas jogadas rápidas

O Bulls começou melhor a partida. Após ter vencido o primeiro quarto por 25 a 18, chegou a ter 17 pontos de liderança (45 a 28) após uma enterrada do pivô turco Omer Asik. O lance, realizado com pouco menos de três minutos por jogar no segundo período, encerrou uma série de 13 pontos consecutivos da equipe.

O San Antonio conseguiu ainda baixar a desvantagem para dez pontos antes do intervalo (47 a 37). O bom momento do time permaneceu na volta para a segunda metade: anotou 22 dos 26 primeiros pontos do terceiro quarto e passaram à frente.

Foram 37 pontos marcados ao longo do período, exatamente a mesma quantidade anotada em toda a primeira metade de jogo. Assim, o Spurs abriu 15 pontos ao final de três quartos e não permitiu mais que o Chicago voltasse a ameaçar o resultado pelo restante do confronto.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG