Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Com sufoco no final Phoenix supera New Orleans

Equipe tinha vantagem confortável no último minuto, mas Hornets se recuperou e deixou a diferença em apenas uma cesta

iG São Paulo |

Getty Images
Gortat vai para a cesta com a marcação de Chris Paul
O Phoenix Suns passou sufoco nos segundos finais, mas conseguiu derrotar o New Orleans Hornets por 104 a 102. A equipe quase desperdiçou a boa diferença de oito pontos conseguida no intervalo.

Steve Nash foi o maestro da equipe com 15 assistências e dez pontos. Marcin Gortat teve sua maior pontuação na temporada: 25 e ainda apanhou 11 rebotes. Grant Hill contribuiu com mais 16 pontos e Vince Carter com 12.

Pelo Hornets, Chris Paul anotou 26 pontos e serviu 12 vezes para a cesta. O ala-pivô David West marcou mais 17 pontos, seguido Trevor Ariza com 16. Eles ainda pegaram sete rebotes cada.

É a segunda derrota seguida da equipe de Nova Orleans, depois de ficar oito jogos sem perder. Já o Suns chegou a segunda vitória depois de ficar três jogos sem resultado positivo.

A primeira metade da partida foi equilibrada, sem nenhum dos lados demonstrar superioridade. No intervalo a partida estava empatada em 53 pontos.

Na volta dos vestiários o Phoenix esteve arrasador e abriu oito pontos de vantagem: 88 a 80. A diferença possibilitaria a equipe controlar o jogo nos 12 minutos finais.

Parecia que seria um quarto período tranqüilo para o time da casa que com dois minutos para o fim vencia por 102 a 91, mas tudo mudou nos 20 últimos segundos.

Primeiro Paul acertou um arremesso de três. No lance seguinte o armador sofreu uma falta para três lances livres. Isso deixou a partida em 104 a 102 com 12 segundos para o final. No entanto, Grant Hill bloqueou o arremesso de Marcus Thornton e Chris Paul não teve sorte em seu último arremesso de três.

 

Leia tudo sobre: NBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG