Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Com show de Derrick Rose, Chicago vence o Memphis

Armador fez o seu primeiro "triple-double" da carreira. Bolas de três pontos foram decisivas para a vitória dos visitantes

Luís Araújo, iG São Paulo |

O Chicago Bulls não sentiu falta de Carlos Boozer nesta segunda-feira. Mesmo desfalcado do seu ala-pivô titular, passou de maneira tranquila pelo Memphis Grizzlies fora de casa por 96 a 84 graças à uma ótima apresentação de Derrick Rose.

A jovem estrela somou 22 pontos, 12 assistências e dez rebotes, registrando assim o seu primeiro “triple-double” da carreira. O ala Luol Deng foi o cestinha do jogo com 28 pontos e também foi importante para a vitória do Chicago. Já o ala Kyle Korver acertou seis tiros de longa distância e anotou 22 pontos vindo do banco de reservas.

Do lado do Memphis, o principal atleta foi o ala-pivô Zach Randolph, dono de 21 pontos e 13 rebotes. Apenas dois outros jogadores da equipe tiveram dois dígitos de pontuação: o armador reserva O.J. Mayo (15) e o pivô Marc Gasol (12).

A diferença entre os times no placar é reflexo do aproveitamento que as equipes tiveram nos arremessos durante o confronto. O Bulls acertou 48,6% dos seus tiros, enquanto o Grizzlies teve índice de conversão de somente 37,7%.

Os chutes de longa distância foram outro fator decisivo da partida. O time da casa converteu um único arremesso de três pontos durante os 48 minutos de disputa - dez a menos que os visitantes, que acertaram 11 bolas.

AP
Derrick Rose protege a bola da marcação do Memphis

A defesa eficiente de Chicago deu as caras logo no início de jogo. Desconsiderando os lances livres, o Memphis fez somente cinco cestas durante os 12 minutos iniciais do confronto. Do outro lado, Rose fez dez pontos e liderou o ataque dos visitantes, que encerraram o primeiro quarto vencendo por 26 a 17.

O Bulls não demorou a estender a liderança para os dois dígitos, muito por conta da pontaria calibrada de Korver. O ala saiu do banco e anotou 14 pontos no segundo período – 12 deles provenientes de cestas de três pontos. O placar no intervalo apontava vitória por 52 a 43 dos visitantes.

As coisas não mudaram no retorno dos vestiários: Rose seguia comandando o organizado ataque do Chicago, ao passo que a defesa permanecia dificultando ao máximo a realização das jogadas ofensivas do Memphis.

Depois de ver o adversário abrir vantagem de duas dezenas em determinado momento, o Grizzlies até chegou a esboçar uma reação durante o último quarto. Mas não teve forças para encaixar uma aproximação maior do que nove pontos. A expectativa nos instantes finais estava em cima do “triple-double” de Rose. E ele veio na última hora, com um rebote ofensivo a oito segundos do fim, após arremesso errado de Taj Gibson.

Washington vence Utah

Atuando dentro de casa, o Washington Wizards levou a melhor sobre o Utah Jazz. Com boa contribuição dos seus armadores, bateu o time de Salt Lake City por 108 a 101.

Nick Young fez 25 pontos, enquanto o calouro John Wall somou 19 pontos e 15 assistências. Outro destaque do Washington foi o ala-pivô Andray Blatche, que teve 21 pontos e 11 rebotes.

Deron Williams, que também é armador, foi a principal figura do Utah em quadra: anotou 28 pontos e deu 11 assistências. Outro atleta dos visitantes que saiu de quadra com “double-double” foi o pivô Al Jefferson: 25 pontos e dez rebotes.

Leia tudo sobre: chicago bullsderrick rosememphis grizzliesnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG