Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Com grande desempenho no segundo quarto, Dallas bate Portland

A vantagem de 12 pontos conseguida no período foi essencial para que o Mavericks derrotasse o Trail Blazers

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882779608&_c_=MiGComponente_C

O Dallas Mavericks recebeu o Portland Trail Blazers nesta quarta-feira e venceu por 103 a 98. A equipe da casa conseguiu a vitória no segundo quarto, vencido por 34 a 25 e dando a vitória parcial de 51 a 39 no intervalo.

Dirk Nowitzki fez 12 dos seus 21 pontos no último quarto e evitou a virada do Trail Blazers. O cestinha da equipe foi Caron Butler: 23 pontos. O ala ainda pegou sete rebotes e deu quatro assistências. Jason Kidd acertou os seus três arremessos para três e fez 11 pontos. O armador também deu seis assistências e apanhou sete rebotes.

AP
Dirk Nowitzki encara a marcação de LaMarcus Aldridge, ambos foram destaque

Pelo Portland, LaMarcus Aldridge, que é natural de Dallas, foi o destaque.  O ala-pivô fez sua maior pontuação na temporada: 35 pontos, convertendo 14 de 26 arremessos.  Ele ainda pegou dez rebotes para anotar um double-double. Todos os outros titulares do Trail Blazers juntos anotaram 36 pontos, apenas um a mais do que Aldridge.

Esta foi a terceira derrota seguida do Portland. A equipe só venceu cinco vezes jogando fora de casa. O Mavericks conseguiu sua décima terceira vitória nos últimos 14 jogos. A vigésima na temporada.

Phoenix bate Minnesota em partida de alta pontuação

O Phoenix Suns recebeu o Minnesota Timberwolves e conseguiu a vitória por 128 a 122. A vitória coloca o time de Phoenix novamente no caminho dos vencedores, a equipe havia perdido seus últimos três jogos.

Muitos fatores contribuíram para o triunfo do Suns.

Steve Nash estava impossível nos passes. O armador canadense deu 19 assistências durante o jogo e ainda anotou 11 pontos. Channing Frye, por sua vez, foi eficaz no chute de três: acertou sete de 12, 58,3% de aproveitamento. O pivô terminou o jogo com 21 pontos e nove rebotes. O cestinha da equipe e da partida, no entanto, foi Jason Richardson: 29 pontos. O ala-armador ainda apanhou oito rebotes.

Pelo Timberwolves, Kevin Love mais uma vez foi o grande nome do time. O ala-pivô anotou 23 pontos e 16 rebotes. O ala-armador Corey Brewer saiu do banco para fazer 20 pontos, acertando nove de 18 arremessos, insuficientes para evitar o décima quarta derrota do Minnesota fora de casa.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG