Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Com fim da série de derrotas, sentimento em Cleveland é de alívio

Vitória sobre o Los Angeles Clippers foi a primeira do Cavs desde o dia 18 de dezembro, quando bateu o New York Knicks

iG São Paulo |

Depois de 53 dias e 26 partidas realizadas, o Cleveland Cavaliers voltou a vencer. O time interrompeu sua série vexatória de derrotas ao bater o Los Angeles Clippers dentro de casa na noite desta sexta-feira por 126 a 119, após disputa de prorrogação. O sentimento de atletas e comissão técnica depois de voltarem a vencer é de alívio.

“Agora eu posso voltar a sorrir”, disse o armador Daniel Gibson, que saiu do banco para anotar 17 pontos para o Cavs na partida, nove deles durante a prorrogação. “É uma sensação muito boa. Vencer é um sentimento precioso”.

Mas o grande responsável pelo fim do martírio do Cavs foi Antawn Jamison, que marcou 35 pontos – sua maior pontuação na temporada. De quebra, apanhou nove rebotes e distribuiu quatro assistências. Para o ala, o resultado diante dos mais de 20 mil torcedores que compareceram a Quicken Loans Arena nesta sexta é bastante animador.

“É ótimo para dar moral ao time, à cidade e aos torcedores”, afirmou Jamison. “É ótimo voltar a vencer, trabalhamos muito para chegar a isso e finalmente conseguimos”.

AP
Mo Williams e Antawn Jamison comemoram
As 26 derrotas consecutivas representam um recorde na NBA. Nenhuma outra equipe ficou sem vencer por tanto tempo na história da liga.

Byron Scott, treinador do Cavs, acredita que esta marca negativa poderia ter sido evitada se seus comandados tivessem jogado mais vezes com a mesma postura que apresentaram nesta sexta.

“Estou feliz que esta série de derrotas acabou, mas quando restava um minuto para acabar o jogo, eu olhei pra cima e pensei: ‘se tivéssemos jogado duro desta mesma maneira na última partida, teríamos vencido’”, declarou Scott. “Foi ótimo ter tirado este peso de cima de nós, mas espero que os atletas continuem jogando assim todas as noites. Se isso acontecer, nós estaremos bem”.

O Cleveland volta às quadras neste domingo. Terá pela frente, novamente dentro do seu ginásio, o Washington Wizards – única equipe da NBA que ainda não venceu como visitante na temporada.

A campanha do Cavs é a pior de toda a NBA. São 45 derrotas e apenas nove vitórias.

Reclamação

A partida foi para a prorrogação por conta do toco de J.J. Hickson em cima de Baron Davis na última posse de bola do quarto período. A boa jogada defensiva do jovem pivô do Cleveland manteve o placar empatado em 110 pontos. Mas Blake Griffin julga que a bola arremessada pelo armador do Clippers naquele lance já estava na descendente e criticou bastante a arbitragem do jogo.

“Aquilo foi inacreditável”, disse o calouro. “Esta foi a pior vantagem que vi um time levar por jogar em casa. Os mandantes geralmente costumam levar alguma vantagem mesmo, mas isso que aconteceu foi inacreditável”.

Leia tudo sobre: cleveland cavaliersnbalos angeles clippers

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG