Brasileiro fez 15 pontos e pegou dez rebotes durante a partida. Mas o grande destaque do jogo foi Carmelo Anthony, com 36 pontos

No único jogo da NBA realizado neste domingo, o Denver Nuggets recebeu o Indiana Pacers no seu ginásio e venceu por 121 a 107 sem grandes dificuldades. O pivô brasileiro Nenê Hilário fez um “double-double” e teve boa atuação pelos mandantes.

Durante os quase 27 minutos que esteve em quadra, Nenê acertou sete dos 11 arremessos que tentou e marcou 15 pontos. Pegou ainda dez rebotes, roubou quatro bolas e distribuiu duas assistências. Contudo, cometeu seis faltas.

Mas o principal destaque da vitória do Denver foi o astro Carmelo Anthony. O ala fez 36 pontos e apanhou oito rebotes. Outro jogador que apareceu bem pelo time da casa foi o reserva Al Harrington, que também é ala: foram 16 pontos, cinco rebotes e quatro assistências para ele.

Quem mais chamou a atenção no Indiana foi o ala-pivô Tyler Hansbrough, dono de 27 pontos e dez rebotes. O ala reserva Paul George saiu do banco para contribuir com 17 pontos. Por outro lado, Danny Granger, principal jogador do time, teve participação muito apagada: foram apenas oito pontos e três assistências para o ala.

Nenê quase atropela Jeff Foster, do Pacers
AP
Nenê quase atropela Jeff Foster, do Pacers
O Pacers deu bastante trabalho no princípio da partida, tanto que terminou o primeiro quarto três pontos à frente (30 a 27). Mas o Nuggets assumiu a liderança logo no início do segundo período e não a deixou mais escapar pelo restante da noite. No intervalo, vencia por 59 a 51.

Com uma enterrada de Nenê e uma cesta de três pontos de Anthony para inaugurar a segunda metade, o Denver abriu 13 pontos de superioridade (64 a 51) no marcador. E manteve a margem de dois dígitos de distância em relação ao oponente até o final da disputa.

Já com os reservas em quadra no último quarto, a equipe do Colorado conseguiu estender sua liderança para os 25 pontos (121 a 96) após dois lances livres de Shelden Williams, com pouco menos de três minutos para o encerramento da partida. Mas esta foi a última vez que os mandantes pontuaram, o que permitiu que o Indiana tornasse o revés um pouco menos elástico.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.