Norte-americano anota 33 pontos e comanda vitória dos mandantes, que lideram a série por 2 a 0 e estão próximos da classificação

Bauru está bem próximo de garantir classificação às quartas de final do NBB. Nesta segunda-feira, superou o Paulistano dentro de casa pelo placar de 90 a 69. Com o resultado, o time do interior paulista lidera a série por 2 a 0 e precisa de mais uma vitória para se garantir na próxima fase.

Larry Taylor foi quem comandou o triunfo bauruense. O armador norte-americano mostrou que estava com a mão quente ao acertar 11 dos 13 arremessos que tentou. Foi o cestinha da noite com 33 pontos e ainda distribuiu seis assistências.

“Nosso time jogou muito bem”, declarou Larry após a partida. “Estivemos muito felizes na partida e eu fiz um bom jogo também”.

O ala-pivô Douglas Nunes também teve boa participação no resultado positivo dos mandantes ao anotar 24 pontos e pegar sete rebotes. O destaque do Paulistano foi o ala-armador Betinho Duarte, com 18 pontos e quatro rebotes.

O grande trunfo do Bauru na partida foi o domínio nos rebotes: capturou 31 e permitiu que o oponente apanhasse somente 17. O ataque mostrou-se bem mais solidário ao distribuir 16 assistências, ao passo que a equipe da capital somou apenas cinco.

Ao contrário do que aconteceu no primeiro jogo da série , o Paulistano conseguiu jogar em condições de igualdade com os locais no começo. As defesas mostraram-se bastante frágeis e permitiam que os ataques pontuassem com facilidade, concentrando suas jogadas nos arremessos de longa distância.

Bauru terminou o primeiro quarto um ponto à frente (26 a 25). Logo com dois minutos jogados no segundo período, Larry fez uma infiltração e acertou uma bola de três em sequência, permitindo que a equipe da casa abrisse cinco pontos (33 a 28). Era a maior distância de um time sobre o outro no jogo, o que forçou Gustavo de Conti, técnico do Paulistano, a pedir tempo.

Os visitantes até tentaram acompanhar o ritmo do oponente. Mas Larry, dono de 22 pontos na primeira metade, continuou a comandar o ataque de Bauru, que foi para o intervalo com vantagem de dois dígitos (49 a 39).

A defesa do Paulistano parecia ter se acertado no retorno dos vestiários, pois impediu pontuação do rival por mais de três minutos. A primeira cesta anotada por Bauru na segunda metade foi feita por Douglas Nunes, que chutou livre de três após um passe de Larry, que atraiu toda a marcação adversária.

Mas o time da capital paulista não conseguiu mais voltar a se aproximar e viu a distância em relação ao oponente ficar cada vez maior na medida que o jogo se aproximava do fim. No último quarto, Bauru estendeu sua liderança para a casa das duas dezenas e saiu de quadra com mais uma vitória elástica.

O próximo jogo da série será na quarta-feira, novamente em Bauru. Se o time da casa vencer, estará classificado para a fase seguinte do NBB. Gustavo de Conti sabe que a situação do seu time é difícil, mas afirma que ainda acredita na virada.

“Claro que dá para se classificar”, afirmou o comandante do Paulistano. “Enquanto estivermos vivos, vamos lugar e brigar até o final. É difícil jogar aqui pela qualidade do time deles. Mas temos que pensar um jogo de cada vez. Não dá para ganhar todos os jogos em um só”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.